Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 29 de janeiro de 2024

Operação das forças de resgate, saúde e segurança simula acidente com trio elétrico

 
Operação conjunta das forças de resgate, saúde e segurança simula acidente com trio elétrico e múltiplas vítimas


Mais de 250 profissionais, veículos de resgate, ambulâncias e aeronaves participarão do simulado


O tempo de resposta das forças de saúde, resgate e segurança influencia diretamente na capacidade de salvar vidas, reduzir danos e mitigar o impacto de acidentes graves com múltiplas vítimas. Para além da celeridade no atendimento, o simulado de atendimento a esse tipo de ocorrência, que acontece na próxima quinta-feira (1), às 11h30, na Avenida Oceânica, próximo ao Farol da Barra, busca aperfeiçoar o raciocínio clínico, a integração das equipes e a comunicação diante de situações críticas, sobretudo com a proximidade do Carnaval em Salvador, que reúne milhões de baianos e turistas na maior festa de rua do mundo.


Mais de 250 profissionais de 16 diferentes órgãos públicos estaduais e municipais participarão do simulado, que prevê a interdição temporária de vias, com a presença de ambulâncias do Samu e Corpo de Bombeiros, além de aeronaves da Polícia Militar e equipes da defesa civil, polícia técnica e vigilância à saúde. O simulado envolve um trio elétrico que perdeu seus freios e desceu de ré por 200 metros, atropelando mais de 50 foliões que seguiam o veículo.


De acordo com a secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, “a realização de simulados com múltiplas vítimas é de extrema importância para preparar as equipes de emergência para lidar com efetividade em situações complexas e desafiadoras. É fundamental que diferentes órgãos atuem de forma coordenada a fim de somar seus recursos. Para além das equipes que atuam no local, o Hospital Geral do Estado (HGE) estará de prontidão para acolher os pacientes graves”, afirma a secretária estadual.


A vice-prefeita e secretária municipal de Salvador, Ana Paula Matos, corrobora a fala da gestora estadual. “Nossas equipes estão em constante aprimoramento para proporcionarmos o melhor atendimento aos foliões dentro dos próprios circuitos da festa, com intervenções rápidas. Com essa ação, podemos analisar o funcionamento do nosso trabalho em situações de extrema pressão, colocando em prática todo nosso planejamento e testando seu funcionamento; assim podemos fazer um trabalho assertivo, melhorando fluxos e incrementando estratégias de salvamento”, destacou.


O coordenador do Samu de Salvador, Ivan Paiva Filho, esclarece que o atendimento médico inicial é crucial para evitar complicações e garantir a sobrevivência das vítimas. “Equipes de resgate bem treinadas podem administrar cuidados emergenciais, como controle de hemorragias, suporte respiratório e imobilização de fraturas antes mesmo de chegar ao hospital”, avalia.




Foto: Divulgação

Múltiplas vítimas


Quando acionado em situações de emergência, o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas do Hospital Geral do Estado (HGE) reverte um estacionamento de carros em apenas dez minutos para dar espaço aos equipamentos, macas, aparelhos e profissionais que vão prestar o primeiro atendimento às vítimas que chegam nas ambulâncias. Após a simulação na Barra, os pacientes serão enviados para a unidade, que é equipada com toda a infraestrutura de oxigênio, rede elétrica e demais características para o primeiro atendimento. As vítimas passam por uma triagem e seguem para as áreas verde, amarela e vermelha, identificadas e encaminhadas rapidamente para os leitos adequados à gravidade dos ferimentos.


O Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas do HGE foi o primeiro a ser implantado no Brasil, tendo sido inaugurado em 2016. O projeto surgiu a partir da troca de experiências entre baianos e alemães, em plena organização da Copa do Mundo de 2014. Especialistas das secretarias da Saúde de estados de Berlim e Frankfurt, bem como o Corpo de Bombeiros da cidade de Stuttgart, auxiliaram na concepção do projeto. O Centro foi acionado uma vez, no dia 24 de agosto de 2017, quando ocorreu um acidente com um barco em Mar Grande.


No dia a dia, o HGE tem equipes distintas de domingo a domingo, com seu coordenador médico, de enfermagem e todas as demais especialidades. Todas essas equipes são treinadas para atuar, independente do dia, para o atendimento de emergência em grandes desastres, sem prejuízo do atendimento normal do dia a dia.


Fonte: Ascom/Sesab

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑