Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 6 de fevereiro de 2024

Aumento nos casos de dengue preocupa Conselho Estadual de Saúde


 

O Brasil inicia o ano com um grande aumento nos casos de dengue por todo o território, o número mais que dobrou comparado ao mesmo período do ano anterior segundo os dados publicados pelo Ministério da Saúde.


A situação é preocupante 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. De acordo com o Presidente do Conselho Estadual de saúde da Bahia (CES), Marcos Gêmeos, “É muito sério o cenário que estamos assistindo em alguns estados como o Rio de Janeiro, Brasília e vários outros, em que a dengue tem assolado”. 


Na Bahia já há um aumento e nós precisamos de fato cobrar ações mais efetivas. Acreditamos que durante o processo do carnaval será preciso ampliar a publicização das formas de como combater a dengue no nosso estado. “Não podemos fazer com que a população acredite que a vacina nesse momento é a única salvação ou o grande mecanismo que irá frear essa epidemia da dengue”, destaca.


O aumento nos casos acontece em paralelo ao momento, em que as vacinas contra a dengue serão disponibilizadas no país, mas é importante ressaltar que a vacinação não será realizada em toda a população. Até o momento a imunização terá como público-alvo as crianças e os adolescentes de 10 a 14 anos que moram em cidades que correspondem 10% do total de municípios do país.


E ainda de acordo com o Ministério da Saúde, a restrição na cobertura vacinal se deve à baixa capacidade na produção do imunizante pelo laboratório Takeda Pharma. Sendo assim é preciso informar a população que a vacina é insuficiente, e que ela sozinha não vai conter a dengue no nosso estado.


O presidente do CES, Marcos Gêmeos, reforça as principais medidas que já são adotadas para a prevenção e o combate à dengue. “Evitar água parada, verificar a questão dos pneus com água ou garrafas viradas. Acredito que se conseguirmos orientar a população, disponibilizar mais Fumacê, colocar mais agentes de endemias e os agentes de saúde na rua, para realizar a educação permanente da população, não deixando a mesma desprotegida”, informa. 


Para Marcos, é necessário que sejam apresentado plano estadual e municipal para ajudar no combate e prevenção à doença. “Que nesse plano seja previsto a participação do controle social, o planejamento também de mídia muito mais eficaz utilizando os rádios comunitários para que a gente também possa de alguma forma orientar e estimular a população para que entrem nesse time da prevenção e combate à dengue”, conta.


De acordo com Marcos Gêmeos. É algo que já está anunciado, basta ver os dados e os números de muitos estados, a preocupação e pelo anúncio do ministério da saúde é notável que as vacinas serão insuficientes. É um cenário em que a cada ano os números se elevam, e municípios como Salvador, Região Metropolitana, Ilhéus e Itabuna sempre notificam uma maior incidência de casos. 


É de suma importância criar estratégias de como dar assistência a população para que a situação não piore como em alguns estados. “Em alguns estados inclusive a situação é quase de guerra, então precisamos de fato nos juntar, nos unir, para que seja apresentado um plano não só estadual mas um plano municipal para que toda sociedade faça um pacto.”, conclui.


0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑