Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 31 de março de 2024

Pescadores comercializam cerca de dois milhões

 
Pescadores artesanais comercializam cerca de dois milhões de reais na quaresma


Piscicultores (as) e pescadores (as) artesanais dos municípios de Sobradinho, Curaçá, Itiúba e Capim Grosso comemoram a comercialização de mais de 162 toneladas de peixe para prefeituras, em feiras, supermercados e também direto ao consumidor final. Parte desse resultado se deve à assistência técnica prestada a pescadores (as) e piscicultores (as) por meio do projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Pró-Semiárido.


“O projeto Pró-Semiárido tem contribuído com os grupos produtivos na comercialização para as prefeituras, ajudando na organização da produção, na documentação para a participação nos pregões eletrônicos e auxiliando na abertura de novos mercados”, explica a engenheira de Pesca da CAR, que atua no Pró-Semiárido assessorando os grupos de piscicultores, Josiane Araújo. E sobre a comercialização nessa Semana Santa, ela observa que foi diferente do ano passado, porque houve menos volume de vendas para prefeituras e mais vendas em atacado, principalmente para feiras livres.


As cooperativas e associações de pescadores envolvidas recebem assessoramento técnico especializado da CAR, por meio do Pró-Semiárido, também para fomentar a produção e organizar a base produtiva. Além disso, os grupos receberam investimentos em estrutura física (tanques-rede e/ou ferrocimento, ração, alevinos, etc.), bem como acompanhamento e formação para melhorar o manejo produtivo e também na legalização ambiental e gestão financeira para a sustentabilidade dessa atividade econômica.



“A gente tem o acompanhamento da engenheira de Pesca em relação à biometria, ao acompanhamento do fornecimento de ração, ao quanto o peixe vai comer, e em relação ao preço também. É um processo que só veio para somar com os piscicultores. O Governo, graças a Deus, nos assistiu com isso e está nos assistindo por meio do Pró-Semiárido”, destaca Neuraci de Jesus Silva, pescadora filiada à Cooperativa de Produção e Comercialização dos Derivados de Peixes de Sobradinho (Coopes).


O apoio aos grupos que trabalham com a cadeia produtiva do peixe tem gerado importantes resultados na melhoria da segurança alimentar e nutricional, pois garantiu às famílias envolvidas e a outras famílias segurança alimentar, geração de emprego e renda para os beneficiários (as) e suas famílias, conservação ambiental e redução da pesca predatória.


O Governo do Estado da Bahia, por meio do Pró-Semiárido, projeto executado pela CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), com cofinanciamento do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), aportou  R$ 4,3 milhões para estruturar e fortalecer a atividade de piscicultura em tanques-rede, da pesca artesanal e do sistema de criação de estrutura de ferrocimento.


Fotos: Equipe do Pró-Semiárido/ASCOM CAR


0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2023 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com Instagram: @salvador_noticias_oficial
- Topo ↑