Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 2 de julho de 2024

Fanfarras escolares têm destaque no Desfile do 2 de Julho


 Fanfarras escolares da rede estadual têm destaque no Desfile do 2 de Julho


As fanfarras das escolas da rede estadual levaram animação, cores e diferentes sons entoados por instrumentos de sopro e percussão para as ruas do Centro Histórico de Salvador, durante o Desfile Cívico do 2 de Julho. A data celebra os 201 anos da Independência da Bahia, consolidada quando os portugueses foram expulsos de Salvador, no dia 2 de julho de 1823. A Secretaria da Educação do Estado (SEC) – que incentiva a cultura musical e de aproximação entre a escola e a comunidade – tem nas fanfarras escolares um espaço de aprendizagens e de fomento à cultura de paz, bem como um lugar de socialização e inclusão.


Durante a manhã, desfilaram 13 fanfarras escolares de Salvador, Lauro de Freitas e Dias D´Ávila. Os grupos iniciaram o percurso no bairro do Barbalho, seguindo até a Praça Municipal. À tarde, desfilaram mais 13 fanfarras de Salvador, Candeias, Lauro de Freitas e Simões Filho, com o trajeto começando na Ladeira Revolta dos Malês (antiga Ladeira da Praça) e finalizando no Campo Grande. O desfile, na capital baiana, contou com a participação de, aproximadamente, 1.650 estudantes.


No interior do Estado, foram realizados desfiles de fanfarras de 123 escolas estaduais em cidades como Porto Seguro, Jequié, Muritiba, Santo Amaro, Paulo Afonso, Senhor do Bonfim, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Rio Real, Olindina, Catu, Barreiras, Juazeiro, Mucugê, Coaraci, Ilhéus e Itabuna, dentre outras.


A secretária da Educação do Estado, Rowenna Brito, destacou a importância do protagonismo estudantil através da participação das fanfarras escolares. “Hoje é um dia de festa e, também, um dia de demarcar a importância da escola pública, da arte, da cultura e dessas histórias contadas nos livros, que os estudantes mostram aqui, na prática, com os desfiles das fanfarras”.


Para a estudante e músico da fanfarra do Colégio Estadual Carneiro Ribeiro – Classe I, de Salvador, Antônio Francisco de Assis Santos, que cursa o 1° ano, é uma emoção desfilar no 2 de Julho, ao lado dos colegas, e poder recontar a história dos heróis e das heroínas da Independência da Bahia. “Eu me sinto muito feliz e honrado. Hoje, aqui no desfile, represento o corneteiro Lopes, que foi um músico e deu o toque de avançar à cavalaria e degolar. Graças a esse feito, conquistamos a vitória na batalha de Pirajá”.


Sobre as fanfarras


O projeto Fanfarras Escolares é uma das ações estratégicas da SEC e visa contribuir para a sua efetivação, conforme a Lei n° 11.769/2008, como espaço e tempo de aprendizagens, por meio do ensino de instrumento individual e/ou coletivo e das expressões artísticas, corporais, garantindo a permanência e qualificando as aprendizagens. As fanfarras escolares fazem parte do calendário das comemorações cívicas da Bahia não apenas no Desfile do 7 de Setembro, mas, também, em outras festas comemorativas, a exemplo do 25 de Junho, em Cachoeira, que marca o início das comemorações da Independência do Brasil na Bahia.


Fonte: Ascom/SEC

0 comentários :

 

Paparazzo

Paparazzo
É DO SALVADOR NOTÍCIAS!

Carnaval

Carnaval
Blog do Carnaval

Eventos

Eventos
Revista (Let's Go)

São João

São João
Arraiá do Salvador Notícias é aqui!
SALVADOR NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados desde 2000-2024 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑