Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Mais de 23% da população baiana sofre de obesidade mórbida

Hospital da Bahia é referência no atendimento a esse público, realizando cerca de 70 cirurgias bariátricas por mês



A Organização Mundial de Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso, e mais de 700 milhões, obesos. No Brasil, a obesidade vem crescendo cada vez mais. Alguns levantamentos apontam que mais de 50% da população está acima do peso, ou seja, na faixa de sobrepeso e obesidade. Na Bahia, mais de 23% da população sofre de obesidade mórbida. 

Referência no atendimento a esse público, o Hospital da Bahia realiza cerca de 70 cirurgias bariátricas por mês, procedimento que aumentou 7,5% em 2016 em comparação com o ano de 2015. Os dados são da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) e apontam que no ano de 2016 cerca de 100.512 pessoas fizeram a cirurgia. O número supera em cerca de 7 mil procedimentos as 93,5 mil cirurgias realizadas em 2015 e está em crescimento 

A obesidade é uma doença e vem acompanhada de péssimos hábitos, como o sedentarismo e disfunções alimentares, bem como transtornos psicológicos, doenças cardíacas e condições associadas. Outro aspecto importante a ressaltar é que algumas doenças estão associadas a obesidade, como hipertensão arterial, cardiopatias, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer. 

 “Tratar a obesidade é dar um grande passo para melhorar a qualidade de vida e saúde da população obesa, a doença é uma questão de saúde pública” afirma o cirurgião bariátrico do Hospital da Bahia, Marcelo Zollinger. 

Com ampla experiência em cirurgia bariátrica, o Núcleo de Obesidade Mórbida do Hospital da Bahia encontra-se altamente preparado e credenciado para tratar da obesidade sendo uma instituição que alcançou dupla certificação internacional no tratamento de obesos. A qualificação da Surgical Review Corporation, Src, credenciou o hospital como Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica e Metabólica.



Sobre o HBA 

Além de referência no tratamento da obesidade e no atendimento da alta complexidade em urologia, cardiologia, neurologia, oncologia e ortopedia, o Hospital da Bahia, com mais de dez anos de atuação e relevantes serviços na área hospitalar, inaugurou em dezembro de 2017 um novo prédio com 19 andares, o que o consolida como uma das maiores instituições hospitalares privadas do Brasil. 

Finalizou o ano de 2017 com um balanço significativo, atualmente com 300 leitos de internação, e capacidade para mais 300 com o novo prédio de 19 andares, que já está em funcionamento, ampliação da emergência e  centro cirúrgico em mais sete salas, além da  expansão da terapia intensiva em mais 30 leitos. 

O hospital adquiriu um dos mais modernos equipamentos de radioterapia existentes em operação no mundo e aumentou em mais de 50% a sua capacidade de atendimento na emergência, um dos pontos nevrálgicos de qualquer instituição hospitalar privada.   

Segundo Zollinger, “o Hospital da Bahia já é credenciado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) conferida pelo Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES) e a grande meta em  2018 é iniciar imediatamente o processo de certificação internacional”.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑