Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Confira estrutura de serviços da Prefeitura para o Carnaval 2018

A Prefeitura Municipal do Salvador (PMS), com coordenação executiva da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), é responsável pela organização geral do CarnavaL. Este ano, o tema da folia é “Salvador Meu Carnaval”. A operação reúne todos os órgãos municipais e conta com o patrocínio das empresas Ambev (proprietária da marca Skol), da Caixa Econômica Federal, da Air Europa e da Olla.

Site Oficial do Carnaval de Salvador: www.salvadormeucarnaval.com.br

Site da Agência de Notícias da Prefeito: www.agenciadenoticias.salvador.ba.gov.br



Homenagem – Salvador Meu Carnaval

O tema do Carnaval de Salvador 2018 ressalta o povo como o dono da festa. Um Carnaval que cabe muitos carnavais, onde cada pessoa tem um jeito próprio de curtir a folia. Meu Carnaval é afro, é bloco, é pipoca, é fanfarra, é fantasia... é o que o folião quiser aproveitar!


Ø Circuitos e Estruturas da Folia
· Osmar (Centro): circuito com 5 km de extensão que engloba o trecho entre o Campo Grande e a Praça Castro Alves. Há blocos que fazem o retorno ao Campo Grande pela Rua Carlos Gomes e outros que seguem o contrafluxo que sai da Rua Chile ao Campo Grande, pela Rua Carlos Gomes.
· Dodô (Barra/Ondina): circuito com 4 km de extensão que vai do Largo do Farol, na Barra, até a entrada da Avenida Adhemar de Barros, em Ondina.
· Batatinha (Pelourinho): circuito com 500 m de extensão que percorre o Largo do Pelourinho ao Terreiro de Jesus.
· Orlando Tapajós (contrafluxo Ondina/Barra): criado em 2016, o circuito acontece no contrafluxo que vai do Morro do Gato, em Ondina, até o Largo do Farol, na Barra.
· Sérgio Bezerra (Barra): o circuito percorre o trecho entre o Farol da Barra e o Morro do Cristo, com retorno na Avenida Marques de Leão.
· Mestre Bimba (Nordeste de Amaralina): o circuito é realizado da Rua Cristóvão Ferreira em direção à Rua Sítio Caruano.
· Riachão (Garcia): criado em referência à passagem do bloco Mudança do Garcia, o circuito compreende o trecho entre o final de linha do bairro do Garcia ao Campo Grande.
· Passarela Nelson Maleiro (Campo Grande): a passarela compreende o trecho em frente aos camarotes oficiais e praticáveis de imprensa, em frente ao Teatro Castro Alves.
· Bairros (Cajazeiras, Periperi, Itapuã, Liberdade, Pau da Lima, Plataforma, Boca do Rio e ilhas dos Frades, de Maré e de Bom Jesus dos Passos)



Ø Pré-Carnaval: 3 e 4 de fevereiro
Ø Fuzuê: O cortejo com 30 bandas de fanfarras, batucadas e de instrumentos de sopro marca o primeiro dia do pré-Carnaval no Circuito Orlando Tapajós (contrafluxo Ondina-Barra), no sábado (3), a partir das 15h. Em clima de antigos Carnavais, o Fuzuê reúne atrações locais e regionais marcantes na cultura da Bahia, como a Oficina de Frevos e Dobrados, Grupo Folclórico Zambiapunga, Caretas de Cairu, Mascarados de Maragogipe, Escola de Samba Unidos de Itapuã, Samba de Nicinha Raízes de Santo Amaro e Malê Debalê.


Ø Furdunço: No domingo (4), a partir das 15h, o segundo dia de pré-Carnaval no Circuito Orlando Tapajós recebe o Furdunço. O cortejo com minitrios sem cordas e grandes atrações vai animar o público que estará no trecho entre o Morro do Gato, em Ondina, e o Largo do Farol, na Barra. No total, são 41 atrações que reúne nomes como Jau, Alavontê e Armandinho, Dodô e Osmar, assim como BaianaSystem, Duas Medidas e Attoxxá – uma das novidades musicais deste verão em Salvador.


Ø Pipoco na Barra
Além do pré-Carnaval oficial, o público conta com uma ação especial na terça-feira pré-folia: o Pipoco. Pelo segundo ano consecutivo, a atração começa com um trio, que nesta edição será puxado pelo cantor Léo Santana, às 20h. Tendo como ponto de partida as imediações do Clube Espanhol (Ondina), os foliões seguirão pela Avenida Oceânica até chegar ao Farol da Barra, às 22h. No local, entra em ação a Tenda Eletrônica, palco montado em frente ao monumento e que será comandado pelo DJ Alok até a meia-noite.


Ø Circuito Sérgio Bezerra
A quarta-feira (7) pré-folia está garantida com o Circuito Sérgio Bezerra, que será animado por 28 bandas de sopro e percussão. Dentre as atrações-destaque está o bloco Habeas Copos, que puxou o movimento das fanfarras e percussão na Barra. Não à toa, o circuito leva o nome do fundador, Sérgio Bezerra, que também será o homenageado do bloco em 2018.


Ø Abertura da Festa – 8 de fevereiro
· Dança e música no Circuito Dodô: A entrega das chaves ao Rei Momo na quinta-feira (8) terá um cenário especial: o Farol da Barra, no Circuito Dodô (Barra/Ondina). A animação ficará por conta da cantora Cláudia Leitte e do rapper Pitbull, com participação do grupo Fitness Zumba.

· Furdunço na orla: Além da abertura da festa, o Circuito Dodô recebe a segunda apresentação do Furdunço no primeiro dia oficial do Carnaval. São 25 atrações que animarão o público com uma diversidade de ritmos, como o frevo eletrizado do Armandinho Dodô e Osmar, os afros Araketu e Banda Aiyê Baiyê, o pop da Maglore e a percursão de Marquinhos Café, dentre outras.

· Quinta do Samba no Circuito Osmar: No dia 8, no Circuito Osmar (Centro), está consolidada a chamada Quinta do Samba, reunindo blocos com atrações e fãs
do ritmo. É o momento de conferir belas apresentações de entidades tradicionais como o Alerta Geral, Amor e Paixão e Vem Sambar.


Ø Principais Novidades

1 – Torre Eletrônica
Sucesso em 2017 em frente ao Largo do Farol da Barra, o Palco Skol se transforma este ano em Torre Eletrônica e reunirá diversos DJs, que animarão o público após a saída do último bloco no Circuito Dodô. É uma espécie de “estica” da folia, com muitos remixes até os primeiros raios da manhã, de quinta (8) a terça-feira (13).

2 – Sexta Orquestrada
A abertura da programação do Circuito Batatinha (Centro Histórico), na sexta-feira (9), contará com a Sexta Orquestrada, a partir das 16h. O local vai ganhar um palco e apresentações de cinco orquestras: as dos maestros Zeca Freitas, Fred Dantas, Paulo Primo e Sérgio Benutti, além do Sambone Pagode Orquestra. É um verdadeiro baile de Carnaval com direito a máscaras, fantasias, confetes, sucessos antigos e marchinhas momescas e, claro, muita alegria.

3 – Carnaval Náutico
Em 2018, a folia se estende também para o mar da Baía de Todos-os-Santos. Um palco flutuante próximo ao Solar do Unhão vai agitar o público, em mais uma ação da Prefeitura para impulsionar o turismo náutico na região. A atração acontece no domingo (11), das 12h às 16h, e será comandada pelo cantor Denny Denan.

4 – Grandes estrelas sem cordas nos circuitos
Os circuitos Dodô e Osmar terão maior equilíbrio entre os blocos e os trios sem corda. Com apoio da Prefeitura, 26 grandes nomes da música produzida na Bahia agitarão foliões de quinta (8) a terça-feira (13). Dentre eles estão as cantoras Daniela Mercury, Cláudia Leitte e Margareth Menezes; os cantores Carlinhos Brown, Saulo e Léo Santana; e as bandas Psirico, Harmonia do Samba e Cheiro.

5 – Camarote gratuito com diversas atrações
Uma parceria da Skol com a Prefeitura de Salvador resultou na Casa Skol, instalada na Avenida Oceânica (Circuito Dodô) e que será um grande camarote gratuito para os foliões curtirem atrações tanto dentro quanto fora do espaço. Os shows acontecerão na Varanda Redonda e o público externo também poderá sacudir ao som de diversos nomes como Pitty, Larissa Luz e Karina Buhr. Com capacidade para receber até 1,5 mil pessoas por dia, o acesso ao espaço será possível mediante cadastramento prévio.

6 – Baile Infantil
A criançada também tem espaço garantido na folia. A Vila Infantil, montada nos últimos anos no Campo Grande, foi transformada em Baile Infantil, que acontecerá de sábado (10) a terça-feira (13), no mesmo local, das 10h às 12h. Já estão confirmadas como atrações Lore Improta, Espaço Musical, As Unicórnias Band, Canela Fina, Playgrude e Cadeira de Brin.



Ø Demais atrativos

1 – Carnaval nos Bairros
Os moradores que quiserem curtir a folia pertinho de casa podem aproveitar a programação especial montada pela Prefeitura, dentro do Carnaval nos Bairros. Os shows serão realizados em Cajazeiras (Campo da Pronaica), Periperi (Praça da Revolução), Itapuã (Centro de Atividade do Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté), Liberdade (Praça Nelson Mandela), Boca do Rio (Parque Poliesportivo), Pau da Lima (Praça Nossa Senhora Auxiliadora), Plataforma (Praça 15 de Abril) e ilhas de Maré, dos Frades e de Bom Jesus dos Passos. São mais de 200 apresentações e mais de um milhão de pessoas previstas para os dias de festa.

2 – Pôr do Sol na Castro Alves
Sucesso em 2016, o Pôr do Sol na Praça Castro Alves prossegue em um dos locais memoráveis do Carnaval de Salvador. Na segunda-feira (12), a animação fica por conta da banda Attoxxá. No dia seguinte (13), é a vez de Armandinho, relembrar sucessos que embalavam o famoso encontro de trios, até a década de 1990.

3 – Palco do Rock
Na 24ª edição, o Palco do Rock retorna ao local de origem: a praia de Piatã. Com programação organizada pelo Clube do Rock com apoio da Prefeitura, o evento reúne atrações locais, nacionais e internacionais do gênero e é considerado um dos principais festivais de rock alternativo do Brasil. As apresentações acontecem de sábado (10) a terça-feira (13), a partir das 19h.

4 – Palco do Samba
A Praça da Cruz Caída, próxima à Praça da Sé, será novamente palco do Palco do Samba, com shows a partir das 19h.

6 – Palco Multicultural
Bandas de diferentes estilos como o hip hop, reggae e arrocha estarão presentes no Palco Multicultural, com programação a ser iniciada a partir das 19h, de sábado (10) a terça-feira (13), no 

Terreiro de Jesus.

7 – Beco das Cores
Já como tradição de espaço de celebração da diversidade, o Beco das Cores permanecerá na Rua Dias D’Ávila (Barra). São apresentações de música
eletrônica que acontecerão no intervalo da passagem dos blocos, de sábado (10) a terça-feira (13), das 19h a 0h.

8 – Desfile de Fantasia de Luxo e Originalidade
A Praça Castro Alves será palco do Desfile de Fantasia de Luxo e Originalidade. O evento acontece na segunda-feira (12), a partir das 18h.



Ø Outras informações:
· Mais de 700 apresentações para os foliões
· Mais de mil horas de música
· 770 mil turistas;
·
 Posto de Atendimento ao Turista no Elevador Lacerda, das 8h às 18h;
· Posto Móvel de Atendimento ao Turista no Terminal Marítimo de Passageiros, na chegada dos cruzeiros entre os dias 11 e 14/2;
· 30 profissionais para ação de Boas-Vindas ao turista no aeroporto de Salvador;
· Guias do Carnaval a serem entregues no Aeroporto, Rodoviária, Praça Municipal e Terminal 

Marítimo;
· R$55 milhões em investimento público e privado para a folia
· R$1,7 bilhão em movimentação de negócios
· 250 mil empregos temporários gerados
· Mais de 90% de ocupação hoteleira (estimativa)




SAÚDE

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), visando garantir assistência à população presente no Carnaval de Salvador, montará uma estrutura de 10 Módulos Assistenciais (postos de saúde) funcionando 24 horas nos circuitos oficiais. Essas unidades de atendimento contarão com um total de 130 leitos para atendimento aos pacientes clinicamente instáveis, além da retaguarda de atendimento do SAMU 192 e unidades de emergência/hospitais.


Os postos tipo IV, com capacidade para 20 leitos, serão instalados em locais de maior concentração de foliões e, consequentemente, ocorrências. O tipo III oferecerá 15 leitos, o tipo II 10 leitos e o tipo I cinco leitos. Todos contarão com um leito de estabilização, com equipamentos de suporte avançado.

Estarão ainda de prontidão 56 ambulâncias, oito motolâncias e veículos de suporte avançado SAMU para remoção rápida de casos de urgência. Outras 14 unidades municipais fixas de Pronto Atendimentos e a Unidade de Atendimento Odontológico (UAO), no Dique do Tororó, funcionarão como retaguarda com assistência 24 horas durante a festa. Além disso, cinco equipes de cirurgia bucomaxilofacial atuarão initerruptamente para atender o folião em caso de agressão facial.



Ø Vigilância Sanitária
A Vigilância Sanitária (Visa) terá 10 praticáveis fixos espalhados pelos circuitos. O objetivo é otimizar a fiscalização dos carros de apoio e dos trios elétricos, camarotes, comércio formal e informal de alimentos. O trabalho dos fiscais visa evitar surtos alimentares e intoxicações causadas pelo consumo de produtos sem as adequações sanitárias exigidas por lei.


Ø Vigilância Epidemiológica
Outra ação importante promovida pela SMS, por meio da Vigilância Epidemiológica (Viep), será a de enfrentamento às doenças sexualmente transmissíveis (DST's) e Aids. A estratégia do Programa Fique Sabendo visa incentivar a detecção precoce das (DST’s) através da realização de testes rápidos. 
Os serviços serão oferecidos gratuitamente ao público através de duas unidades a serem montadas em pontos estratégicos da folia. Nestes pontos também haverá distribuição de preservativos e nos 10 módulos de saúde espalhados pelos circuitos. Cerca de 2 milhões de preservativos serão distribuídos gratuitamente aos foliões.


Além da prevenção e combate às DSTs, a Viep também estará atenta a possíveis doenças que têm surgido nos últimos meses. Isso porque o Carnaval, por concentrar grande número de pessoas vindas de várias partes do país e até do mundo, pode facilitar a propagação de doenças, algumas provenientes de áreas endêmicas. No período carnavalesco, serão desenvolvidas atividades de prevenção, monitoramento e controle dos agravos de relevância epidemiológica, adequando a estrutura organizacional, logística e de recursos humanos para responder, de modo oportuno, às demandas emergidas neste período.


As ações de investigação da ocorrência de surtos de doenças e agravos à saúde serão realizadas por meio de investigação epidemiológica. Quando necessário, será realizado bloqueio vacinal para os casos suspeitos e/ou confirmados de doenças preveníveis por imunização.


Ø Vigilância Ambiental
A Vigilância em Saúde Ambiental (Visamb) vai atuar na fiscalização de camarotes, hotéis, pousadas, lanchonetes, restaurantes, postos de saúde e pontos de distribuição instalados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), nos circuitos oficiais. A intenção é prevenir que baianos e turistas contraiam doenças através do consumo de água imprópria durante o Carnaval.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) manterá equipes de plantão para as ações específicas de intervenção e controle, visando prevenir os agravos à saúde da população no que tange às doenças transmitidas pelos animais ao homem. A medida complementa as ações desenvolvidas pelas vigilâncias Epidemiológica e Sanitária.



SERVIÇOS PÚBLICOS

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP) atuará com um efetivo de 1,2 mil profissionais, além da Guarda Civil Municipal e da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), para ordenamento e fiscalização do comércio informal, iluminação, salvamento marítimo e defesa do consumidor.



# COMÉRCIO INFORMAL#

Os agentes vão atuar na fiscalização e ordenamento do comércio informal na festa, coibindo irregularidades como atuação de pessoas não-licenciadas e de materiais proibidos para comercialização, a exemplo de produtos acondicionados em vidro ou servidos em espetos. Foram disponibilizados 10 mil postos de trabalho para o comércio informal; 2.500 licenças (isopor grande/ pequeno); 500 licenças diversas (food-truck, baianas de acarajé, carrinhos diversos (pipoca, sorvete, mingau, água de coco e outros), além de barracas. Além disso, o trabalho envolve a participação na central de monitoramento por câmeras nos circuitos da folia. A estrutura conta ainda com 55 veículos e oito contêineres com 80 pontos para banho.


# LIMPEZA #

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), atuará com equipes especiais que estarão envolvidas na limpeza dos circuitos da folia e Carnaval nos Bairros. Serão realizados serviços de varrição, coleta, lavagem de vias e logradouros, instalações, limpeza e manutenção de sanitários públicos.


A equipe contará com 3.065 colaboradores, 212 equipamentos, 11 cooperativas e uma associação de catadores em parceria com o órgão. Serão 2.998 sanitários químicos e 72 sanitários-contêineres climatizados (com 555 posições). A estimativa é de que sejam coletados 1,6 mil toneladas de resíduos e consumo de 7.756 m³ de água e de 31,53 m³ de detergente aromatizado durante os dias de festa.



# ILUMINAÇÃO#


A Diretoria de Iluminação Pública (DSIP) disponibilizou um esquema específico para o Carnaval, contemplando os circuitos oficiais da festa e os bairros que terão programação para o evento. Os projetos das instalações de Carnaval são concebidos tendo em vista toda questão estética, levando em consideração também problemas como ofuscamento e interferências com outros tipos de estrutura presentes no evento. A iluminação é padronizada tendo o mesmo perfil ao longo dos circuitos. Serão mais de 3 mil projetores de 400 a 1000w e 3,2 mil luminárias "Low By”.




# SALVA-VIDAS #


A Coordenação de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) montará 40 postos fixos, dispostos entre o Jardim de Alah e Ipitanga e incluindo as ilhas de Maré e dos Frades (Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe), das 8h às 18h. De modo especial, seis postos móveis e dois avançados funcionarão 24h, sendo três na Barra e três em Ondina. Além dos salva-vidas, a operação contará com equipamentos como pranchões, coletes salva-vidas e jet skis.



# CONSUMIDOR #


Para garantir os direitos dos cidadãos já previstos no Código de Defesa do Consumidor (CDC), a Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) vai promover no período do Carnaval uma série de inspeções em estabelecimentos localizados nos circuitos da festa com intuito de inibir irregularidades e o descumprimento das normativas. A ação pretende evitar possíveis vícios de comerciantes como a venda de produtos com prazo de validade vencido ou sem etiqueta de preço afixada e itens mal acondicionados.


A Operação Carnaval, que tem caráter educativo e fiscalizatório, será realizada por 35 colaboradores do órgão. Para a operação, serão instalados quatro postos de atendimento ao cidadão e um balcão de informações. Através destes postos, será possível esclarecer dúvidas sobre leis de consumo e solicitar orientações.


Ø Postos operacionais
· Circuito Osmar: Rua Chile e Campo Grande;
· Circuito Dodô: Barra e Ondina;
· Balcão do Consumidor: Elevador Lacerda.


#
 GUARDA MUNICIPAL #


A Guarda Civil Municipal do Salvador (GCMS) vai atuar no Carnaval de 2018 com cerca de 920 agentes. O efetivo dará apoio aos diversos órgãos do município relacionados à festa, na proteção ao patrimônio público e em ações de prevenção à violência e garantia da execução de serviços públicos. Além disso, vai realizar patrulhamento preventivo em todos os três circuitos principais. O órgão atuará ainda, através da Coordenadoria de Ações e Prevenção à Violência, na distribuição de pulseiras de identificação para crianças e de panfletos com dicas de segurança.

Ações de monitoramento para proteger as praças e logradouros da cidade, em áreas cobertas por câmeras dentro e fora do circuito, serão realizadas a partir de Centro de Operações e Inteligência (COI).



TRABALHO, ESPORTES E LAZER


A Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (SEMTEL) realiza, pelo segundo ano consecutivo, o projeto especial Bailinhos de Lazer no Carnaval de Salvador. O Bailinhos de Lazer será realizado de 8 a 13 de fevereiro, com diversas atividades voltadas para o público infantil. O objetivo é proporcionar às crianças das comunidades bailes infantis e atividades lúdicas, de forma democrática. Para isso, será disponibilizada uma ampla estrutura que possibilite o desenvolvimento das atividades de forma saudável e prazerosa, a fim de promover a inclusão social durante os festejos carnavalescos para o público infantil.


O Bailinhos de Lazer será realizado em diferentes bairros da capital baiana, com bandas de fanfarra, distribuição de kits carnavalescos (espuma, confete, serpentina, colar havaiano, mascara, mamãe sacode, apito, tinta para cabelo, bolinha de sabão) e, claro, o projeto Ruas de Lazer, que oferece para as crianças cama elástica, futebol, Vôlei, basquete, totó, oficina de pintura, dominó e baralho.

Ø Programação*

· Dia 8/2 (quinta-feira): Dique do Tororó – das 9h às 12h, e Santa Mônica – das 15h às 18h;
· Dia 9/2 (sexta-feira): São Tomé de Paripe (Praça da Orla) – das 9h às 12h, e Mirantes de Periperi – das 13h às 17h;
· Dia 10/2 (sábado): Jardim das Margaridas – das 9h às 12h, e Pau da Lima (Praça de Colinas de Pituaçu), das 15h às 18h;
· Dia 11/2 (domingo): Liberdade (Plano Inclinado) – das 9h às 12h, e São Caetano (Praça de São Caetano) – das 13h às 17h;
· Dia 12/2 (segunda-feira): Calabar – das 9h às 12h, e Cabula (Rótula do Juliano Moreira), das 15h às 18h;
· Dia 13/2 (terça-feira): Saúde – das 9h às 12h, e Ribeira (Orla) – das 15h às 18h.

*OBS: Sujeita a alteração.


MOBILIDADE


# TRÂNSITO #


A Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) desenvolve ações educativas, coleta de dados de acidentes e elaboração de estatísticas, operação e fiscalização de trânsito. Para o Carnaval de Salvador 2018, o plano operacional inclui inovações e aperfeiçoamentos e engloba implementação de mudanças temporárias
necessárias no trânsito, para melhor mobilidade da população e de turistas que participam da folia.

Dentre as atividades a serem realizadas está a restrição à circulação e estacionamento de veículos no entorno dos circuitos do Carnaval. Também tem como intuito ampliar a oferta de vagas nos estacionamentos remotos, proporcionando assim melhorias significativas na mobilidade. A medida promove o aumento da velocidade média do transporte coletivo, principalmente nas avenidas Centenário, Anita Garibaldi, Oceânica e Reitor Miguel Calmon (Vale do Canela).

Ø Postos de atendimento ao cidadão
· Shopping Salvador - horário de funcionamento do shopping
· Salvador Norte Shopping - horário de funcionamento do shopping
· Shopping Barra - horário de funcionamento do shopping
· Transalvador (Vale dos Barris)

Ø Novidades na Operação de Trânsito
· Cinco zonas de restrição de circulação veicular no entorno dos circuitos do Carnaval, com acesso permitido apenas para moradores devidamente credenciados com adesivos coloridos e numerados;
· Doze subáreas, vinculadas às cinco zonas, determinando as vias de acesso dos moradores às suas residências;
· Obrigatória identificação da placa do veículo em cada adesivo;
· Moradores com motocicletas devem trocar o adesivo recebido na residência por adesivo para uso exclusivo em motocicleta.
· Faixa exclusiva para ônibus - desde o Departamento de Polícia Técnica (DPT) até o primeiro retorno da Avenida Centenário, próximo à comunidade do Calabar.

Ø Estrutura
· 850 profissionais
· 25 guinchos
· 61 viaturas
· 15 motoviaturas
· 1.000 cones
· 980 grades
· 200 canalizadores de tráfego
· 50 barreiras pantográficas
· 600 banners de sinalização
· 20 faixas informativas
· 15 painéis de mensagens luminosas
· 18 toldos
· Quatro bases operacionais
· Um trailer
· Um ônibus adaptado para fiscaliz

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑