Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Escândalo de volta ao Café Teatro Rubi

Escândalo - A Comédia Da Mulher Só traz a cantora Cristiana Monteiro de volta ao palco do sofisticado Teatro Rubi, agora sob a direção de Marcelo Praddo.

O espetáculo cênico-musical Escândalo – A Comédia Da Mulher Só, protagonizado pela atriz Cristiane Mendonça, volta ao palco do Teatro Rubi, onde foi consagrado em 2014.  O monólogo reestreia em Salvador no dia 08 de março, dia internacional da Mulher, em temporada de duas semanas de quinta a sábado, e segue às quintas feiras do mês, sempre às 20:30h. Originalmente com direção de Fernando Guerreiro, a nova versão do espetáculo, que tem texto de Elísio Lopes Jr, será dirigida pelo ator Marcelo Praddo e manterá a direção musical  de Luciano Salvador Bahia. 

Escândalo estreou em  2009 e, em apenas dois meses, foi assistido por cerca de 3 mil pessoas. Voltou a cartaz em novembro de 2013 sendo a primeira obra a fazer temporada cênica no sofisticado Café-Teatro Rubi, para onde volta nesse mês que homenageia as mulheres.



Sobre Escândalo



A comédia musical Escândalo tem como tema central as desventuras de uma cantora que tenta, de todas as maneiras, fugir da solidão. A personagem Cristiana Monteiro é uma romântica convicta, que resolve fazer um show com as músicas que marcaram a sua vida amorosa. Entre uma canção e outra ela confidencia ao público casos de sua vida afetiva, sempre regados com muito humor e leveza. O repertório inclui canções de Roberto Carlos, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Lulu Santos, Ana Carolina, Djavan, dentre outros.



Prestes a completar 30 anos de carreira, a atriz Cristiane Mendonça lembra que Escândalo foi criado também para homenagear seu trabalho nos palcos de Salvador. “O espetáculo surgiu da minha vontade de falar sobre coisas leves e suaves, mas longe de um discurso vazio”, explica a atriz. E é incrível como passados quase 10 anos a narrativa da peça mantém-se tão atual,  tratando  questões com as quais o público ainda se identifica, por serem dramas universais como o amor e solidão. “Eu também me identifico muito com o texto e as músicas, afinal de contas, sou uma mulher de natureza romântica”, confidencia.



Marcelo Praddo, cujo sucesso  de O Corrupto com Frank Menezes no ano passado demonstra seu talento para a direção de comédias, enfrenta o desafio de conduzir uma Cristiana Monteiro ainda mais desesperada na busca por um grande e verdadeiro amor.



Sobre Cristiane Mendonça



Graduada em dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Cristiane começou a trabalhar com música em 1989 e, aos poucos, foi guiada para o mundo teatral. Trabalhou com os principais diretores de teatro locais e nacionais, dentre eles Fernando Guerreiro, Paulo Dourado, Deolindo Checcucci e João Falcão. Comemorou em 2009 seus 20 anos de carreira com o monólogo musical Escândalo - A Comédia da Mulher Só. Foi três vezes indicada ao prêmio Braskem de Teatro na categoria Melhor Atriz, tendo sido premiada em 2007, pelo espetáculo Vixe Maria! Deus e o Diabo na Bahia. Fez parte do elenco dos espetáculos 2 de Julho - A Ópera da Independência (2013), interpretando Joana Angélica  e A Paixão de Cristo (2014), interpretando Maria Madalena. Desde 2014 vive uma aventura infantil com o musical O Circo de Só Ler, onde dirige, atua e canta e que venceu o Prêmio Braskem na categoria melhor espetáculo infanto juvenil.



Serviço

O quê: Escândalo - A Comédia da Mulher Só

Quando: Quintas Feiras: 08, 15, 22 e 29 de Março 

                Sextas  e Sábados: 9,10 e 11; 16, 17, 18 de Março

Horário: 20:30h

Onde: Café Teatro Rubi

Quanto:  Quintas: R$50  Sextas e Sábados: R$60

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑