Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Torneio: Alunos da rede municipal desenvolvem projeto de captação de água para semiárido

A equipe Cibertupiniquins composta por alunos do Núcleo de Robótica da Escola Municipal Professora Olga Mettig, de Valéria, desenvolveu um projeto inovador para captação de água no semiárido, através da absorção da umidade noturna com uso de redes de fibra de bambu. O trabalho será apresentado durante o Torneio de Robótica First Lego League, que ocorre nesta sexta (23) e no sábado (24), no Sesi Retiro (Praça Visconde de Monte Alegre, Retiro). 

A professora Fabiana Silva, técnica da equipe, está animada com os resultados alcançados pelos alunos e aposta numa boa classificação no Torneio. “O projeto demandou muita pesquisa, estudos e muita dedicação da equipe, com excelente resultado”, frisa. De acordo com ela, o protótipo artesanal da rede de bambu criado por eles, com meio metro quadrado, resultou na captação de 150 a 300 ml de água por noite.

Composta pelos alunos Maria Aparecida Santana, 14, Daniel Gonçalves, 14, Amanda Santos, 13, Mateus Pinheiro,13, e Eduardo Vieira, 11, a Cibertupiniquins está preparada para as avaliações do torneio internacional, cujo desafio da temporada 2017/2018 é Hydro Dynamics. Além do Projeto de Pesquisa, passarão pelas bancas de julgamento, o Design do Robô, Desafio do Robô e Core Values – valores humanos que descrevem um modo de atuar em conjunto e que valoriza o respeito mútuo e o trabalho de alta qualidade. Os alunos da escola municipal construíram e testaram o robô, que terá que cumprir missões relacionadas ao tema, como mover poços, substituir canos, coletar água, etc.

O evento vai reunir 40 equipes de cinco Estados do Nordeste. No sábado, serão conhecidas as três equipes finalistas que participarão da etapa nacional. Essa é a quarta vez que a Escola Municipal Professora Olga Mettig participa desse campeonato, já acumulando os prêmios de Estrela Iniciante, Melhor Pesquisa, Contra Todas as Adversidades e Melhor Técnico.

Sobre o evento - Criado em 1998, o Torneio de Robótica First Lego League é um programa internacional de exploração científica, projetado para fazer com que crianças e jovens de 9 a 16 anos se entusiasmem com ciência e tecnologia e adquiram habilidades valiosas de trabalho e de vida. A iniciativa fortalece capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, inspirando jovens a seguir carreira no ramo da ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática. Por meio de uma experiência criativa, os competidores são desafiados a investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real, bem como programar robôs autônomos para cumprir as missões. No Brasil, o Departamento Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI) é a instituição responsável pela operação oficial da competição. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑