Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 10 de março de 2018

Festivais de declamação de poemas homenageiam os 171 anos de Castro Alves

Crianças, jovens e adultos participam do 17º Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves e do 4º Festival Infantil de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves que acontecem na tarde deste sábado (10), no Parque Histórico Castro Alves (PHCA), localizado na Fazenda Cabaceiras, em Cabaceiras do Paraguaçu (Recôncavo baiano), local onde nasceu o poeta. No domingo (11) é a vez de a comunidade conferir o espetáculo ‘A Hora da Estrela’, do Grupo Teatral Frutos da Utopia. 

Os festivais e a peça de teatro fazem parte das comemorações pelos 171 Anos de Nascimento do Poeta Castro Alves, a ser comemorado em 14 de março, e são uma iniciativa da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac), vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), se constituindo em tradição na cidade. Reúne pessoas de diversas regiões e de todas as idades que prestam homenagem ao grande poeta baiano, autor de ‘Espumas Flutuantes’ , ‘Vozes D’África’ e ‘O Navio Negreiro’, entre outros poemas.

Festivais de poemas
Foto: Cristiano Cardoso/Dimus/Ipac

Nesta data, além das atividades solenes realizadas em parceria com a Prefeitura de Cabaceiras do Paraguaçu – e da apresentação itinerante de grupos culturais de Saubara - a programação retoma no PHCA com as premiações dos concursos (quando os cinco primeiros colocados de cada categoria se apresentam novamente) e atrações culturais diversas, como a abertura da exposição ‘Sertões de Hansen Bahia – Xilogravuras Matrizes e Esboço’ e o lançamento do livro de Bule-Bule ‘Rodolfo Coelho Cavalcante, Castro Alves e outros temas em Cordel’. 

A responsável pela Dimus, Fátima Santos, explica que o festival foi criado para homenagear o poeta Castro Alves e incentivar a juventude a usar a poesia para manifestar seus sentimentos. “Os poemas do grande poeta expressam o seu romantismo, o seu amor à pátria, além do intenso sentimento libertário”. A coordenadora do PHCA, Diogenisa Oliva, acrescenta que, além de toda a programação especial, o público pode aproveitar para conhecer o museu que conta a história de Castro Alves e que vem realizando atividades variadas. “O público pode usufruir dos projetos socioeducativos permanentes do Parque que dialogam com os ideais de Castro Alves e de valorização da comunidade”.

No festival, os jurados analisaram originalidade (criatividade utilizada para a apresentação do poema), dicção (clareza das palavras pronunciadas na declamação), fluência verbal (correção e a pronúncia das palavras) e fidelidade ao texto (exatidão e o respeito a todos os versos e palavras do poema). Leia mais sobre o evento e PHCA, no site da Dimus/Ipac.

Fonte: Ascom/Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac)

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑