Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 8 de março de 2018

Ingresso para a Casa do Carnaval vai custar R$ 30

O Carnaval acabou, mas os foliões ainda podem relembrar grandes momentos que a folia proporcionou durante toda a história visitando a Casa do Carnaval, o primeiro museu da folia. A Prefeitura redefiniu hoje o valor do ingresso, que será de R$30 (inteira) e R$ 15 (meia) - o valor antes anunciado era de R$50. Até a última semana, a visitação era feita por meio de agendamento. Mas, a partir de hoje (06), o ingresso começa a ser cobrado. A Casa do Carnaval funciona de terça a domingo, das 11h às 19h, na Praça da Sé. 

Cerca de 4 mil pessoas já conhecem a fundo a história da festa, através do equipamento que integra os investimentos previstos no eixo Centro Histórico do programa Salvador 360. A Casa do Carnaval possui maquetes, roupas e instrumentos emprestados por artistas da festa, fotos e documentos históricos, além dois cinemas onde os visitantes podem aprender ritmos caracterizados e com a ajuda de monitores. “Esse é um espaço multicultural, com expressões da música, dança, fotografia, audiovisual e artes plásticas, que, além de preservar a memória, vai estimular novas abordagens e produções da cultura baiana”, avalia o secretário de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco. 

As instalações do espaço oferecem ainda ferramentas e instrumentos que possibilitam o uso de tecnologias, como projeções, áudios e realidade virtual, que conferem interatividade ao acervo da casa. Está à disposição ainda uma biblioteca de livros relacionados ao Carnaval, além da Sala das Origens, que exibe 200 bonecos feitos com cerâmica, representando figuras típicas de Momo na cidade, como o cordeiro, os Filhos de Gandhy e alguns dos principais cantores, feitos pela artesã Cibele Sales.

A Casa do Carnaval ainda possibilita acesso à memória do Carnaval do interior por meio da exposição de fantasias reais dos Cães de Jacobina e dos Caretas de Maragogipe. Roupas e fantasias icônicas de cantores da Axé Music, como Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Carlinhos Brown e de blocos afro também podem ser conferidas de perto. Nas duas salas de cinema da Casa, no primeiro andar, os visitantes podem viver a experiência da folia, por meio de adereços como mamãe-sacode, fantasia e até instrumentos de percussão. Nelas são exibidos filmes que ensinam como dançar 11 coreografias do Carnaval.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑