Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 22 de março de 2018

Papo Correria destaca cadeia produtiva da mandioca

Os produtos de hortifruti e processados de derivados de mandioca  da Cooperativa dos Produtores Rurais do município de Presidente Tancredo Neves (Coopatan) foram destaque no #PapoCorreria, desta terça-feira (20). Esta é a 11ª cooperativa da agricultura familiar a apresentar seus produtos no programa do governador Rui Costa nas redes sociais.

Fundada em 18 de julho de 2000, por 30 produtores rurais, a cooperativa tem uma história de sucesso, atuando como agente de transformação financeira, social, econômica e solidaria na região, além de garantir a oferta de produtos de qualidade.

A Coopatan faz parte da Rede Mata Atlântica, uma composição de grupos produtivos da agricultura familiar e economia solidária, formada por 30 empreendimentos.  Atualmente conta com 330 cooperados que produzem em uma área total de 370 hectares, possuem renda mensal de R$2,4 mil.

Entre os produtos que estão sendo comercializados estão  os produtos In natura banana da terra, banana maçã, aipim, goiaba, abacate e abacaxi, e os processados como farinha de mandioca especial  e aipim a vácuo (Itabaína),  e a goma de tapioca hidratada (Realeza).

O govenador Rui Costa afirmou que a Coopatan desenvolve um belíssimo trabalho: “É nisso que eu acredito. O Governo do Estado está ajudando o nosso povo a produzir, a abrir agroindústrias, laticínios e frigoríficos. Fazemos um esforço grande para fazer a Bahia produzir e gerar empregos”.



Ednalva Lima, presidente da Coopatan, disse que apresentar os produtos no programa do governador foi importante para divulgá-los: “O governador está dando oportunidade para as cooperativas mostrarem seus trabalhos. Esse momento vai ficar marcado na nossa história. Foi um prazer estar com um governador  que valoriza a agricultura familiar da Bahia”.

    

Investimentos



Entre os investimentos realizados pelo Governo do Estado estão a implantação do Condomínio Agrícola Eliane Oliveira, por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário - Nossa Primeira Terra. O investimento de R$450 mil, foi destinado à aquisição da terra, onde, atualmente, sete jovens produzem banana, aipim, mandioca para a comercialização.

Por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) foi entregue um trator com implemento agrícola para otimizar a mecanização dos trabalhos de preparo de solo, plantio e colheita dos agricultores familiares, no valor de R$350 mil.

Bahia Produtiva



De acordo com Ednalva, com o edital Alianças Produtivas, do projeto Bahia Produtiva, lançado no final de fevereiro pelo Governo do Estado, será possível o lançamento de novos produtos, a exemplo da banana chips: “Já temos uma parceria com uma empresa, que vai nos ajudar a processar, mas precisamos de transporte e, por isso, vamos participar do edital, para que possamos adquirir veículos que façam melhor a distribuição dos nossos produtos”.



Cooperativas participantes 

Já passaram pelo programa a Cooperativa de Produção Agropecuária de Giló (Coopag), do município de Várzea Nova, Cooperativa Agroindustrial de Pintadas (Cooap), de Pintadas, Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), Cooperativa de Produção e Comercialização dos produtos da Agricultura Familiar do Sudoeste da Bahia (Cooproaf), de Manoel Vitorino, Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac),  Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), de Capim Grosso, Cooperativa dos Apicultores de Tucano (Cooapit), de Tucano, Cooperativa Agroindustrial de Itaberaba (Coopaita), Associação dos Produtores de Morango e Hortifrutis da Chapada Diamantina, de Barra da Estiva, e a Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), de Ibicaraí. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑