Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 21 de março de 2018

Produtos da Semana Santa são vendidos por uma pechincha nos Mercados Municipais

A Semana Santa se aproxima e, com ela, a procura por produtos típicos de boa qualidade e baixo custo. Administrados pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), os mercados municipais de Salvador dispõem de mercadoria fresca e barata. Permissionários dão dicas para a hora das compras e escolha do produto, e ainda garantem que se pechinchar, tem desconto.



No Mercado de Periperi, há variedade de iguarias como coco ralado, castanha, amendoim, camarão seco, quiabo, gengibre, azeite de dendê e hortaliças utilizadas no preparo da moqueca, como cebola e coentro. Quem gosta de fazer a comida baiana com o leite extraído do coco seco natural, encontra o produto a baixo custo e não paga taxa adicional para ralar.



“Nós estamos vendendo por, em média, R$ 4. Varia conforme o tamanho, e o cliente não paga para ralar”, conta Antônio Junqueira, 56, que atua como comerciante há 20 anos no bairro, e há pouco mais de dois anos no Mercado de Periperi. Ele explica que a moqueca feita com o coco seco fica bem mais gostosa que com o leite de coco de garrafa. “Com o coco ralado, o trabalho na cozinha diminui, pois é só colocar água morna e extrair o leite, sem ter que descascar, cortar e triturar no liquidificador”, acrescenta.



Além do coco seco, o local tem quiabo por R$ 8 o cento, gengibre por R$ 20 o quilo, castanha por R$ 50 o quilo (quebrada) e R$ 60 o quilo (inteira), amendoim torrado e descascado por R$ 10 o quilo; e cru e com casca por R$ 6 o quilo. O feijão fradinho custa R$ 5 o quilo. Por R$ 6 saem o litro do azeite de dendê e do leite de coco. Já o valor do camarão varia entre R$ 25 e R$ 45, conforme o tamanho e coloração.



No Núcleo de Abastecimento Comércio e Serviços (Nacs) de Itapuã, localizado na Dorival Caymmi, os preços são os mesmos praticados em Periperi. A variação ocorre apenas em relação ao litro do azeite de dendê e do leite de coco, que custam, respectivamente, R$ 7 e R$ 8 o litro.



Pescados – A procura por pescados no Mercado Popular de Água de Meninos, mais conhecido como Mercado do Peixe, já teve um aumento de cerca de 10%, segundo os permissionários. Os peixes mais procurados são arraia e corvina, cujo quilo custa, em média, R$ 13. No local, também é possível encontrar pescada amarela por R$ 28 o quilo, vermelho por R$ 25 o quilo, atum por R$ 15 o quilo, e badejo por R$ 25 o quilo. Confira tabela abaixo.



A permissionária Conceição Correia, 47, aguarda ansiosa pela semana da Sexta-feira da Paixão, data religiosa que lembra a morte e ressurreição de Cristo, celebrada esse ano no dia 30 de março. “É um dos períodos, senão o período, em que nós mais faturamos no ano. A dica que eu dou aos meus clientes é antecipar as compras por dois motivos: para encontrar produtos mais baratos, comprar com mais tranquilidade e ter maior tempo de escolha”, diz.  



Em todos os mercados municipais, os preços dos produtos para a Semana Santa estão sujeitos a reajuste. Possivelmente, as iguarias ficarão mais caras na penúltima e última semana, segundo os permissionários, porque já são fornecidas para eles com preços mais elevados.  



O que oferecem – O Mercado Popular dispõe de 51 boxes em funcionamento, dos quais um de lanchonete, um de gelo, dois de hortaliças, um restaurante e 46 de peixes e frutos do mar. O Mercado de Periperi conta com 22 boxes que funcionam como peixaria, açougue, floricultura, lanchonete e comércio de artigos religiosos. Além disso, há 12 bancadas de frutos do mar, crustáceo e carne salgada e 163 barracas de hortifrúti, ovos, coco, condimentos e produtos da Fazenda, como doces e laticínios.



Já o Nacs de Itapuã conta com 58 boxes, incluindo peixaria, açougue, cereais, crustáceos, produtos da fazenda e duas lanchonetes, além de 155 barracas, dentre as quais 112 vendem produtos alimentícios e 43, artesanato, confecções e utensílios domésticos. O equipamento também dispõe de dois quiosques que funcionam como restaurante. Os três mercados municipais contam com estacionamento para clientes.




Funcionamento – O Nacs de Itapuã funciona diariamente de 6h às 18h, exceto aos domingos e feriados, quando abre às 6h e encerra às 14h. O Mercado de Periperi também abre de segunda a sábado de 6h às 18h, e das 6h às 12h aos domingos e feriados. Já o Mercado Popular de Água de Meninos terá um funcionamento especial nessa Semana Santa. Até 31 de março, o estabelecimento abrirá de 6h às 20h; domingo e feriado, das 6h às 13h, e sábado, das 6h às 18h.


Mercado de Periperi
Nacs Itapuã
Mercado Popular
Corvina: R$ 13 (kg)
Corvina: R$ 17 (kg)
Corvina: R$ 13 (kg)
Arraia: R$ 13 (kg)
Arraia: R$ 17 (kg)
Arraia: R$ 13 (kg)
Pescada Amarela: R$ 13 (kg)
Pescada Amarela: R$ 37 (kg)
Pescada Amarela: R$ 13 (kg)
Vermelho: R$ 22 (kg)
Vermelho: R$ 33 (kg)
Vermelho: R$ 25 (kg)

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑