Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 12 de maio de 2018

Final de semana de música mundial e samba no Bonfim

Sábado tem a dupla Felipe Mota e Aisha Macêdo e domingo muito samba de raiz com Cilene Tinaut

A música como uma linguagem mundial. Essa é a proposta do instrumentista Felipe Mota, radicado na Alemanha e que está em Salvador com o show Estação Brasil, dentro do projeto MPM – Música Popular Mundial. Na capital baiana ele faz dupla com a cantora Aisha Macêdo, com um repertório que vai do pop inglês ao Jazz americano. A dupla se apresenta neste sábado, a partir das 17h30, dentro do Projeto Músic Boa na Colina, no Espaço Cultural e Gastronômico Vila Criativa, no alto do Bonfim. No domingo, para comemorar o Dia das Mães, a partir das 13h, acontece o show Sambas que Marcaram Épocas, com Cilene Tinaut.

No Estação Brasil, Felipe Melo e Aisha Macêdo serão acompanhados por uma banda onde os violões têm participação especialíssima. O interessante do projeto é que em cada País em que se apresenta, Felipe Mota monta dupla com um artista local, como já fez na frança e Alemanha. A ideia é explorar a música como idioma mundial. “A ideia do projeto Estação Brasil é mostrar que a música não tem idioma e que com ela, pode-se dialogar em qualquer parte do planeta”, conta Cilene Tineaut, que também é produtora do projeto.

Felipe Melo, com 19 anos, é soteropolitano. Após participar de oficinas de música na UFBa, mudou-se para  Alemanha para estudar violão clássico. Diante da dificuldade com o idioma local, acabou descobrindo que a música tem uma linguagem universal e tomou a iniciativa de reescrever clássicos mundiais em outros idiomas e fazer novos arranjos. Uma das canções do projeto em terras brasileiras é uma releitura de “Trem das Onze”, de Adoniran Barbosa. Ele permanece por três meses no Brasil e depois volta a Europa onde dará continuidade ao projeto. Sua parceira na Estação Brasil, Aisha Macêdo, é uma das promessas da nova música baiana. Tem apenas 20 anos e tem se apresentado com frequência em shows em Salvador.

Domingo tem samba

O domingo do Dia das Mães tem programação especial. Cilene Tneaut apresenta o projeto Sambas que Marcaram Épocas, fruto de pesquisa que vem realizando desde 2015. Selecionamos clássicos do samba de raiz, priorizando compositores baianos. No repertório, alguns clássicos famosos na voz de Alcione, como “Sufoco”, “Não deixe o samba morrer” e “Ilha de Maré” e algumas canções de Nelson Rufino, como “Verdade”. Um dos pontos altos é a lembrança da dupla Antonio Carlos e Jocafi, com “Você abusou”, conta a cantora e produtora musical. A segunda parte do show ela faz uma homenagem à ancestralidade, cantando para os orixás.

+++

Serviço

Música Boa na Colina

Sábado (12/5) Projeto MPM – Música Popular Mundial – Estação Brasil

Local: Espaço Cultural e Gastronômico Vila Criativa – Alto do Bonfim

Horário: 17h30

Domingo (13/5) Projeto Sambas que Marcaram Épocas

Horário: 13h (o espaço de Gastronomia funciona para almoço a partir das 11h)

Couvert: R$ 10

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑