Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Classe hospitalar beneficia 84 estudantes


Classe hospitalar beneficia 84 estudantes internados no Hospital Geral Roberto Santos Desde que a primeira classe hospitalar do Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO) foi inaugurada, no último dia 13/6, no Hospital Geral Roberto Santos, 84 estudantes da rede estadual já estão recebendo atendimento educacional especializado, com tratamento personalizado e humanizado. 

Impossibilitados de frequentar a escola regular por estarem internados, os alunos são assistidos por professores, em seus leitos, dentro do programa que está sendo desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado. Esta semana, além do trabalho pedagógico, eles vivenciaram um momento divertido com a festinha de São João, realizada no setor para eles. 

O Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares garante o direito de estudantes enfermos do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) em leitos hospitalares ou em suas casas, para que possam dar continuidade aos seus estudos, a partir dos conteúdos abordados nas diversas áreas do conhecimento. 

Neste primeiro momento, oito professores da rede estadual, que receberam formação continuada em Classe Hospitalar/Atendimento Domiciliar, estão atendendo aos estudantes/pacientes do setor de Hemodiálise do Hospital Geral Roberto Santos, Os professores destacam que, ao levar a educação para um estudante hospitalizado, ele se sente motivado, melhora o seu bem-estar físico e emocional e percebe que, a despeito daquela enfermidade, tem ali a continuidade da sua própria vida. “Este programa é encantador e é muito motivador prestar este serviço à sociedade, trazendo a escola para dentro do ambiente hospitalar para quem está momentaneamente impossibilitado de frequentar o espaço escolar regular”, afirmou a professora de Biologia, Romilda Rosa. 

Sobre o SARAHDO – Além do atendimento no Hospital Roberto Santos, o Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO), da Secretaria da Educação, atende em domicílio, atualmente, cinco jovens gravemente enfermos, assegurando-lhes escolaridade, atendimento educacional especializado e tratamento personalizado e humanizado para estudantes e familiares. 

O programa, que visa proporcionar atendimento educacional especializado aos estudantes enfermos, fazendo com que a educação seja verdadeiramente inclusiva, tem o desafio de levar o processo pedagógico para onde ele estiver, seja em casa ou no hospital.   

Foto: Divulgação - 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑