Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 9 de junho de 2018

Dia do Tenista - a biografia de um ídolo

A segunda edição ampliada e atualizada de Federer, publicada pela SportBook, chega às livrarias com a história de luta do tenista e mostra como ele chegou a ser o maior esportista que já competiu nos grandes torneios

Desde o primeiro golpe com a raquete de tênis às maiores premiações dos Grand Slams, Chris Bowers, um dos maiores jornalistas do cenário esportivo europeu, descreve Federer com maestria. O tenista suiço, em 2018, venceu seu vigésimo Grand Slam, se tornando o esportista mais vitorioso da categoria na história – além de ser o jogador com mais Grand Slams em uma mesma temporada e ter o recorde de permanência no topo do ranking mundial.

Já na segunda edição, totalmente atualizada com as conquistas mais recentes do tenista e com uma tradução completamente revista, a editora Edipro, convidou como prefaciador o jornalista José Nilton Dalcim, editor do site TenisBrasil.

Na obra Federer, publicada pelo selo SportBook, o autor conta os caminhos percorridos pelo tenista e permite ao leitor uma visão mais humana da dura trajetória que o suíço trilhou para alcançar seus grandes resultados. Ainda, esta nova edição dispõe de entrevistas com grandes personagens ao longo da sua vida e um caderno com fotos de momentos importantes da carreira do tenista.

Sucesso de vendas em mais de 10 países, esta biografia foi elaborada para os fãs de Federer e para quem aprecia o tênis “bem jogado”. O jornalista mostra um panorama detalhado não apenas do jogador, mas também da personalidade de Federer.

O livro reflete as conquistas e os momentos dramáticos do tenista, a dificuldade de adaptação no lado francês do país, o sofrimento com a morte do seu mentor, e mostra como Federer lidou com a fama repentina, as quedas, a mononucleose e a importância do papel da família em toda a sua trajetória.

Esta biografia é caracterizada como “não autorizada”, embora o autor prefira utilizar o termo “independente”, já que “não autorizada” parece inerentemente hostil. A ausência de autorização concedeu ao autor certo grau de liberdade para escrever, sem restrições relacionadas a qualquer expectativa.

Bowers tem acompanhado o circuito de tênis desde 1992, escrevendo para veículos de peso, como Times, Observer e Independent, além de ser comentarista da BBC e do Eurosport.



Sobre o autor: Chris Bowers é um escritor independente e comentarista que cobre o mundo do tênis desde 1992. Começou no rádio em 1986 na área de serviços internacionais da Swiss Radio International, em Berna. Durante esse período, jogou tênis na liga suíça, defendendo o tênis clube Flamingo, cujo proprietário era Frantisek Kratochvil, pai de Michel, que jogou no circuito profissional. Seu parceiro de duplas nessa temporada foi Severin Lüthi, hoje capitão da equipe suíça da Copa Davis e confidente de Roger Federer. Depois de trabalhar para uma organização ambiental por dois anos, passou a dedicar-se em tempo integral ao tênis em 1992, trabalhando para jornais, revistas, rádio, televisão e internet. Seu trabalho mais conhecido é o de comentarista da Eurosport e da rádio BBC, mas também trabalha como repórter em várias outras emissoras pelo mundo. Como escritor, trabalhou em muitos jornais, revistas e websites. Este é seu oitavo livro sobre tênis. Atua também na área de meio ambiente e é conselheiro do governo local inglês. Vive com sua filha em East Sussex, Inglaterra.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑