Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 5 de junho de 2018

Trabalhadores da Porto Fino (terceirizada Embasa) paralisam atividades por tempo indeterminado

Cerca de 100 trabalhadores (as) da empresa Porto Fino (localizada em Pirajá), prestadora de serviços à Embasa, paralisaram as atividades por tempo indeterminado, no início da manhã de hoje (05/06), em protesto contra o não-cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho e diversas irregularidades, que dão uma perda de cerca de R$ 700 na remuneração mensal dos empregados, conforme informações do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e da Madeira no Estado da Bahia (Sintracom-BA).


A empresa não fornece cesta básica, nem café da manhã, os trabalhadores (as) não batem ponto e não recebem hora extra, mesmo trabalhando em sábados, domingos e feriados, e a empresa aplica banco de horas, que não está determinado na Convenção Coletiva. 


A empresa se nega a discutir a questão com os trabalhadores (as), mantendo a posição de que procurem a Justiça, se quiserem cobrar seus direitos. O Sintracom-BA exige uma posição do Governo do Estado, com relação aos contratos realizados pela Embasa, com empresas prestadoras de serviços, que não respeitam os direitos dos trabalhadores (as) e descumprem a Convenção Coletiva de Trabalho.

Atenção: Neste momento, o presidente do Sintracom-Ba, José Ribeiro, junto com representantes do Sintracap-BA (que representa os condutores em transportes rodoviários de cargas próprias), e da Secretaria do Trabalho Emprego e Renda do estado da Bahia (Setre), estão numa reunião conjunta, na sede da embasa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), para discutir e buscar uma solução para o problema.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑