Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 17 de julho de 2018

Quatro lançamentos de livros estão na agenda do IGHB esta semana

O Instituto Geográfico e Histórico da Bahia vai sediar quatro lançamentos de livros esta semana. 



O primeiro será dia 18, às 17 horas, quando a escritora Dorine Cerqueira lançará “O Romance do século XX na Bahia (de 1901 a 2000)” (Egba). A obra tem prefácio do escritor Helio Polvora, que detalha: "Dorine Cerqueira mostra que o ficcionismo baiano é o mesmo do Nordeste em geral e do Brasil inteiro. Claro que, por mais localistas que sejam os temas desse romance, por mais entranhados que estejam na terra, por mais descritivos de usos, costumes, folclore e etnias, esse romance – que ela estuda nas suas manifestações modernas, quer dizer, de  1901 a 2000 – poderia refletir, quando muito, alguns aspectos temporais por via da regionalidade – e nunca um ficcionismo de tipicidade clara. Aqui neste O romance da Bahia do século XX na Bahia vemos que o ficcionismo largo já se despiu de modelos coloniais e alcança a modernidade e a voz própria em romancistas como, por exemplo, Adonias Filho e João Ubaldo Ribeiro. É de se perceber que tal romance acompanhou, na história brasileira, aquela busca, ainda que inconsistente e vaga, de independência econômica, independência política e, por conseguinte, da expressão nacional. Em outras palavras, uma inquirição profunda do corpo e da alma nacionais, como forma de chegar-se a uma identidade; como passaporte, em suma, do autoconhecimento", destaca.



Os outros dois, dia 19, às 17h, serão antecedidos por um bate papo com os escritores Jacira Primo e David Rehem. "Tempos Vermelhos: a Aliança Nacional Libertadora e a Política Brasileira", de Jacira Primo (Ed. Saga) versa sobre a Aliança Nacional Libertadora (ANL) na Bahia, no primeiro Governo Vargas. Apresentando-se na cena política com caráter de frente popular e democrática, a ANL, após a promulgação da constituição de 1934, atraiu para suas fileiras diferentes grupos sociais que lutavam por garantia e ampliação de direitos sociais, configurando-se em uma agremiação de massa. Ao analisar o referido movimento, a autora traz questões importantes sobre a Bahia republicana e a política na década de 1930.

Já "As forças secretas da Revolução: Antissemitismo do Sigma na Bahia", de David Rehem (Ed. Perspectiva Acadêmica) " é um livro que trata das elaborações antissemistas na Ação Integralista Brasileira, organização de caráter fascista que teve grande influência de massas durante a década de 1930, utilizando como principais fontes os jornais baiano O Imparcial e o Diário de Notícias, além do jornal integralista A Offensiva, a revista Anauê e obras de lideranças integralistas, a exemplo de Brasilino de Carvalho aqui na Bahia". 



Na sexta (20), às 16h, é a vez  do livro " Epopeia de Horário de Matos - O Coronel da Chapada". De autoria do escritor José Walter Pires, a publicação aborda o registro dos principais episódios da trajetória de Horácio de Matos na Chapada Diamantina, no final do século XIX às três décadas iniciais do século XX. "Trata-se de uma obra poética, em trezentas estrofes de sete versos, nas quais abordo o grande Coronel da Chapada Diamantina, como verdadeiro mito, daí a "epopeia", na qual destaco esse aspecto do meu personagem", explica o autor.



O IGHB é uma das instituições apoiadas pela Secretaria de Cultura/Estado da Bahia. Funciona de segunda a sexta, das 13h às 18h. Informações no site www.ighb.org.br/71 3329 4463/999745858 (assessoria)




0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑