Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Cinquenta e uma árvores foram transplantadas para o Jardim dos Namorados


Cinquenta e uma árvores, sendo 43 coccolobas e oito coqueiros, já foram transplantadas da Boca do Rio para o Jardim dos Namorados, na Pituba. 

A operação de transplante, realizada pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), teve início em março deste ano, com a remoção de 30 árvores (Coccolobas) do antigo estacionamento do Aeroclube. Os vegetais foram replantados no entorno do local onde funcionará a “Vila Gastronômica do Jardim dos Namorados”, integrante do programa Salvador Investe – 3º Eixo do Programa Salvador 360°, capitaneado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). 

A ação tem por objetivo remover as árvores desta espécie, que já estão adaptadas à região da orla marítima de Salvador, e replantá-las em uma área também de orla, desprovida de arborização e de difícil adaptação de vegetais, devido ao alto teor de salinidade local, que dificulta o desenvolvimento vegetativo.

Intervenções - 
A movimentação integra o pacote de obras que a Prefeitura realiza na localidade que, além da intervenção paisagística, conta com uma série de obras, entre elas a criação de uma Vila Gourmet - espaço para eventos e novo polo gastronômico que seguirá projeto semelhante ao da Vila Caramuru, no Rio Vermelho. As intervenções visam dar caráter estético e funcional ao local, e receberam investimentos da iniciativa privada na ordem de R$ 3,8 milhões.

A intervenção compreende uma área total de 14,5 mil metros quadrados, sendo 6,5 mil metros quadrados correspondentes à nova via, que integrará as praças Nossa Senhora da Luz e Wilson Lins, em uma conexão entre a pista e a praça, formando um grande calçadão semelhante ao que foi realizado na orla do Rio Vermelho, com acesso compartilhado e no mesmo nível da rua, mantendo pedestres e veículos num mesmo espaço.

Também integram o pacote de mudança a troca dos pisos por nova estrutura intertravada, requalificação da iluminação, construção de oito quiosques de 50 metros quadrados cada, paisagismo, elementos de acessibilidade, dentre outros.

Ações similares - 
O transplante de plantas em Salvador já é realizado com sucesso nas regiões onde passa o traçado do BRT de Salvador, que contabiliza 169 árvores transplantadas do entorno dos corredores do modal, que também será margeado por vegetais transplantados, além de 1,7 mil novas espécies de Mata Atlântica como compensação às 154 árvores que precisaram ser suprimidas durante a execução das obras.

O transplante das árvores exige várias etapas. A primeira ação é de poda, seguida da aplicação de uma solução para evitar fungos. Daí, os vegetais são alocados em uma canaleta e deve ser irrigado em abundância. A preparação do espaço onde a árvore será replantada começa com antecedência. Após a escavação, o local deve receber adubo orgânico e ser irrigado. 

A transferência é feita por meio de trincheiras e as etapas variam de acordo com o porte/espécie, que será suspensa e transportada com cautela, para que o tronco e o torrão (bloco de terra e raiz) sejam preservados. A árvore transplantada passa por uma manutenção periódica de um ano e seis meses, incluindo a realização de podas, adubações e irrigações até a total adaptação.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑