Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Curso técnico de Agroecologia contribui para o desenvolvimento da Chapada


Curso técnico de Agroecologia em alternância contribui para o desenvolvimento da Chapada Diamantina.

O Centro Territorial de Educação Profissional da Chapada Diamantina I (CETEP), localizado no município de Wagner (406 km de Salvador), no Território de Identidade da Chapada Diamantina, está transformando a vida de estudantes filhos de produtores rurais da região. Por meio do curso técnico de Agroecologia em regime de alternância, os estudantes recebem formação qualificada para atender às demandas do desenvolvimento ambiental e socioeconômico da região, permanecendo em seus locais de origem. 

O curso começou a ser ofertado no CETEP em 2017, na modalidade subsequente ao Ensino Médio (Prosub), sendo o primeiro da unidade em regime de alternância, no qual os estudantes permanecem em convivência na escola durante 15 dias e, nos outros 15, eles ficam aplicando em campo o que aprendem nas aulas, o que resulta na eliminação da evasão escolar nas áreas rurais.

Para potencializar ainda mais o curso que atende a jovens de diversos municípios da chapada Diamantina, o município de Andaraí receberá da Secretaria da Educação mais dois ônibus para transportar os estudantes das suas casas nas localidades vizinhas para o CETEP. 

Para Elma de Almeida, que trabalha no Colégio Estadual Carmenilza Lima de Matos, no distrito de Andaraí chamado de Ubiraitá, estes transportes vão beneficiar três pessoas de sua família que estudam no CETEP e moram em outras localidades. “Estou muito feliz com esta novidade, porque eles vão poder se deslocar com segurança de suas casas para estudar e, também, para retornar, a exemplo do meu filho David dos Santos, que faz o curso técnico em Agroecologia juntamente com minha nora, Rita de Cássia, 19, e minha sobrinha, Paloma Silva, 25, que mora no Assentamento Santa Clara, em Andaraí”, afirmou.

Desde a última segunda-feira (13), que Rita de Cássia e Paloma Silva estão participando da semana de imersão no CETEP, que serve para conhecer o funcionamento do curso e da unidade, antes do início das aulas. “Estou gostando muito do curso, pois vai ampliar meu conhecimento para poder ajudar meu pai José Carlos Dais a desenvolver melhor as plantações de milho, mandioca, aipim e feijão na sua roça”, revelou Rita de Cássia. 

Já Paloma acrescentou: “também vou ajudar a aprimorar a roça de minha família através de ideias e conhecimentos que irei obter no curso. Meu primeiro projeto vai ser a implantação de uma horta bem estruturada com o plantio de hortaliças, legumes e verduras e, isso, vai ser muito estimulante para mim”, garantiu a estudante. 

A ampliação da oferta de cursos da Educação Profissional foi tema, neste sábado (18), de reunião entre o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, e produtores rurais da Chapada Diamantina, no município de Andaraí. Na oportunidade, a Secretaria da Educação autorizou a implantação dos cursos técnicos em Agricultura Orgânica, Magarefe (profissional que realiza cortes especiais de carnes) e Agroecologia na localidade. “Estamos fazendo uma parceria da Educação com os pequenos produtores para que a escola possa formar esses técnicos e ao mesmo tempo através da escola eles fazerem o acompanhamento e a assistência em cada propriedade. 

Estamos levando cursos da Educação Profissional para todos os municípios da Bahia, mas para isso é preciso alinhar com a população local quais são as ofertas que mais se alinham com a economia e a cultura do território”, destacou Pinheiro.

Segundo o diretor do CETEP, Gileno Pereira de Menezes, além de Wagner, a unidade também atende estudantes dos municípios de Andaraí, Lençóis, Bonito, Utinga, Itaipê e Nova Redenção. “Acabamos de iniciar a segunda turma do curso, que possui duração de um ano, com 32 alunos matriculados. 

Esta experiência tem sendo muito promissora, pois os estudantes têm a oportunidade de ter uma formação técnica sem perder o vínculo com suas famílias e comunidades. Eles aplicam o que aprendem e suas próprias comunidades para melhorar a vida das famílias dos produtores rurais e este retorno é muito importante”, destacou o gestor, que também recebeu formação técnica em Agropecuária por regime de alternância, quando estudou na Escola Técnica da Família Agrícola da Bahia (ETFAB), em Riachão de Santana. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑