Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Secretaria da Educação autoriza obras de implantação da Fábrica-Escola do Chocolate em Ipiaú

A cidade de Ipiaú (369 km de Salvador), no Sul da Bahia, terá uma Fábrica-Escola do Chocolate, implantada no Centro Territorial de Educação Profissional Médio Rio das Contas (CETEP). Instalados nos centros de Educação Profissional e Tecnológica, os equipamentos servem como laboratório para que os estudantes que fazem os cursos técnicos de nível médio tenham aulas práticas e possam desenvolver projetos, pesquisas e intervenções sociais, aperfeiçoando a formação profissional.

O prédio onde a Fábrica está sendo instalada, em Ipiaú, foi vistoriado nesta sexta-feira (3), pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que autorizou a continuidade das obras da fábrica-escola e de módulos de laboratórios do programa Brasil Profissionalizado, além de ter firmado parcerias com o município e com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) para um novo perfil de oferta na rede estadual em Ipiaú.

“Além da continuidade das obras, autorizamos aqui a abertura da parceria com o município nessa questão da formação, portanto, para que as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental possam se integrar ao projeto aqui do chamado novo itinerário vocacional para o Ensino Médio. Os nossos estudantes da primeira turma de alternância que nós vamos formar na rede estão aqui nessa escola e estamos aplicando algumas coisas no município e também a preparação para que essa escola, a partir de fevereiro, possa receber aqui também já o novo itinerário para a Educação Superior, que é o curso de Tecnólogo”, afirmou o secretário, ao completar que o CETEP vai passar a experimentar uma maior interação com a UNEB, a partir de ambientes compartilhados dentro da unidade para o processo de ensino e aprendizagem.

Duas fábricas-escolas de Chocolate já estão em funcionamento na Bahia: a Fábrica-Escola do Chocolate, vinculada ao CETEP do Baixo Sul, no município de Gandu, e a Fábrica-Escola do Chocolate Deize Silva Santana, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Nelson Schaun, em Ilhéus. Além destas, o Estado também implantou a Fábrica-Escola do Couro, no CETEP Bacia do Jacuípe, no município de Ipirá. As fábricas ficam abertas à comunidade local (produtores, cooperativas e agricultores familiares, por exemplo) para a capacitação e certificação de trabalhadores e para a incubação, pré-incubação e aceleração de empreendimentos.

O secretário falou sobre o papel das fábricas-escolas na formação dos futuros técnicos de nível médio. “Estas fábricas-escolas têm a proposta de dinamizar as práticas pedagógicas, oferecendo o campo de estágio e ampliando a formação dos estudantes, a partir da educação empreendedora contextualizada com o território. Aqui nesta unidade já há um processo em curso, sendo que os equipamentos já chegaram, a escola já está praticando e fabricando, mesmo ainda de forma experimental, mas também muito embrionária porque a parte principal, que é o prédio, ficou pronta mas agora nós vamos adotar as medidas com as divisórias, toda a estrutura de bancada, a interligação e também a recuperação da pintura de outra parte do prédio”, completou Pinheiro.

A unidade, que conta com um gabinete odontológico para as práticas educacionais, também vai passar a prestar atendimento à comunidade, a partir de uma parceria com a Secretaria de Saúde.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑