Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 30 de setembro de 2018

Hospital Municipal de Salvador atende a quase 3 mil pessoas do interior

Os números surpreendem. Em menos de seis meses funcionando, o Hospital Municipal de Salvador (HMS), localizado na Boca da Mata, próximo a Cajazeiras, já atendeu 40 mil pacientes. Além das comunidades do entorno (todas as Cajazeiras, Boca da Mata e Águas Claras), a unidade de saúde recebe pacientes do Centro, Pirajá, São Marcos, Pau da Lima e tantos outros bairros da capital. A procura não se limita ao público de Salvador. O número de casos do interior assistidos pela unidade é cada vez maior. Nesse período, já somam quase 3 mil pacientes oriundos dos mais diversos municípios da Bahia.

Mais precisamente, foram 2.949 pacientes que migraram de cidades como Jacobina, Campo Formoso, Conceição do Coité e Feira de Santana. O coordenador de Urgências do Município de Salvador, Ivan Paiva, comemora e destaca a importância do equipamento para a saúde pública. “Hoje temos uma estrutura de alta complexidade para receber os pacientes regulados das UPAs [Unidades de Pronto Atendimento] e do Samu. Além disso, o Hospital tem papel fundamental na realização de cirurgias ortopédicas e geral. Antes, pacientes de traumas esperaram meses. Agora é tudo rápido e ágil”, garantiu.


Os números que mais crescem são do setor de emergência e urgência, responsável pelo maior índice de ocorrências assistidas pela unidade hospitalar, com 21.466 admissões. Destaque também para o número de internações, com total de 2.779 e 1.082 pacientes submetidos a cirurgia. A estrutura de ponta e diversidade de especialidades e procedimentos torna o HMS referência. Prova disso é que 817 pacientes foram regulados de outras unidades, sendo que 665 migraram de Unidades de Pronto-Atendimento, 73 de hospitais do Estado, 79 transferidos de unidades do interior da Bahia e 166 de outras instituições.


A quantidade de exames também é crescente: foram 25.073 procedimentos realizados, sendo 4.845 tomografias, 15.809 ultrassonografias, 15.809 Raios X, 159 ressonâncias, 388 endoscopias e 114.526 exames de laboratório. No local, são feitas cirurgias de urgência, como as de trauma, abdômen agudo e neurocirurgia, e também algumas eletivas, como a de vesícula. Até o final de outubro, a previsão é que seja entregue a terceira e última fase, que contempla mais 10 leitos de UTI Pediátrica, 30 de enfermaria adulto e 30 infantil. Atualmente, são 120 leitos de enfermaria e 20 de UTI adulto.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑