Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Valter Hugo Mãe movimentou a abertura da Flica 2018


Valter Hugo Mãe movimentou a abertura da Flica 2018


Na tarde desta quinta-feira (11), foi dada a largada para mais uma edição da Feira Literária Internacional de Cachoeira, que acontece até o domingo (14), no recôncavo baiano. Considerada uma das maiores feiras literárias do país, a Flica chega à sua 8ª edição reunindo uma programação variada, conduzida por autores da literatura nacional e internacional, sob a curadoria do jornalista Tom Correia. 

Neste primeiro dia, o premiado autor português Valter Hugo Mãe, comandou a mesa de abertura “Escritores em um mundo intolerante e deserto de compaixão”, com a participação do escritor baiano Aleiton Fonseca e mediação de Zulu Araújo, diretor da Fundação Pedro Calmon.

“Venho nessa altura com alguma ansiedade ao Brasil. Acho muito importante que aconteçam coisas que sejam da paz. Que nós possamos conversar, expor nossas consciências de boa fé. Estamos todos preocupados com a possibilidade de exercer a paz”, disse o autor Valter Hugo Mãe. “Se não temos consciência da nossa história nunca vamos conseguir pensar num futuro”, finalizou.

Este ano o evento homenageia a escritora Conceição Evaristo, representante da militância político-social e uma das autoras negras mais conhecidas do país e recebe também ativista norte-americana Patricia Hill Collins, a premiada escritora colombiana Margarita Garcia Robayo, e o ilustrador Gusti, que vai lançar o livro infantil “Não Somos Anjinhos” durante a Fliquinha – que acontece paralelamente. A Flica tem patrocínio máster do BNDES e Governo do Estado, apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira e Caixa e realização Cali, Icontent, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Ainda hoje, o público poderá conferir a mesa “Pequenas revoluções em nossas trincheiras cotidianas” com os autores Aidil Araújo Lima e Julián Fuks, sobre mediação de Wesley Correia.

Amanhã (12), a programação da Flica inicia às 10h. Passarão pelo evento autores como Noemi Jaffe e Ricardo Aleixo, Silviano Santiago e Marcus Vinícius Rodrigues, Margarita García Robayo e Eryane Leão. Na programação da Fliquinha, a garotada curtirá os autores Lulu Lima, Odilon Moraes e Ana Cláudia Bastos, além dos espetáculos Coletivo Duo “Em busca da Ilha Desconhecida”, Grupo Canastra Real “Toada Crianceira: Cancioneiro Brincante da Infância” e Teatro Griô “Minha Aldeia”.



Fotos: Ricardo Prado

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑