Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Simpósio discutirá desafios e inovações da da cirurgia Bariátrica


Simpósio discutirá desafios e inovações da cirurgia bariátrica.

O IV Simpósio de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, promovido pelo NTCO, acontece no próximo dia 23, em Salvador. As inscrições são gratuitas.


Salvador vai sediar o IV Simpósio de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, no próximo dia  23 de novembro, das 8 às 16h, no Auditório Adélia Carvalho, no Centro Médico do Hospital Português. Promovido pelo Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade (NTCO), o evento conta com o apoio do Colégio Brasileiro de Cirurgiões -  Capitulo Bahia e é voltado a profissionais e estudantes das áreas de saúde (médicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, odontólogos, enfermeiros, fonoaudiólogos e educadores físicos). As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas. Informações pelo site www.ntco.com.br/simposio. 

Desafios no acompanhamento clínico dos pacientes operados, como hipoglicemia, reganho de peso, etilismo, depressão e deficiências nutricionais; a experiência de um centro de referência em cirurgia bariátrica e metabólica e o futuro da cirurgia bariátrica e metabólica são alguns dos assuntos que serão abordados no evento, que tem como tema central  'Educação Continuada em Cirurgia Bariátrica: Desafios e Inovações'. O  cirurgião Pedro Luiz Bertevello (SP) fará uma palestra magna sobre o tema “A Importância da Educação Profissional na Cirurgia Bariátrica”.

Entre 2012 e 2017, o número de cirurgias bariátricas realizadas no país aumentou 46,7%. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), no ano passado foram realizadas 105,6 mil cirurgias no Brasil, número 5,6% maior que em 2016, quando cem mil brasileiros realizaram o procedimento no setor privado. “Esse aumento é resultado do alto índice de obesidade no país. Quase 20% da população brasileira está obesa e a obesidade cresceu 110% entre os jovens na última década”, destaca o cirurgião bariátrico Leonardo Vinhas, presidente do Simpósio e um dos diretores do NTCO (Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade). Segundo o médico, diante do cenário, a necessidade de ter equipes multidisciplinares cada dia mais qualificadas para lidar com o paciente bariátrico foi fundamental para a escolha do tema central da quarta edição do evento.

Em Salvador, 19,9% da população está obesa e 53% dos moradores da capital baiana estão com excesso de peso, de acordo com a pesquisa Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2017, do Ministério da Saúde.

Benefícios – Além de reduzir o peso, melhorar a saúde em diversos aspectos e promover a qualidade de vida, a cirurgia bariátrica colabora com a recuperação da autoestima.

O tratamento cirúrgico é recomendado em casos específicos, quando o grau de obesidade ou de doenças associadas com risco de morbidade torna a cirurgia uma alternativa mais eficaz e resoluta. A cirurgia bariátrica promove a mudança de hábitos e a qualidade de vida do paciente com o objetivo de fazê-lo ter uma vida mais saudável e longa.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), a maioria dos procedimentos é feito em pacientes entre 35 e 50 anos. A indicação cirúrgica pode ser feita, no entanto, dos 18 aos 65 anos. A população feminina representa cerca de 70% das cirurgias realizadas no Brasil.

A cirurgia bariátrica é bastante segura, mas apresenta riscos como qualquer procedimento cirúrgico. Cada caso precisa ser avaliado cuidadosamente. A análise do paciente envolve vários exames clínicos e laboratoriais. “É importante que o paciente esteja bem informado sobre o procedimento, o pré e o pós-operatório e os hábitos que terá que adotar após a cirurgia”, explica Leonardo Vinhas.

Sobre o NTCO

Com 17 anos de fundado, o Núcleo de Tratamento e Cirurgia da Obesidade (NTCO) atua no tratamento clínico e cirúrgico da obesidade e suas comorbidades. Como agente social na luta contra a doença, o NTCO conta com equipe multidisciplinar com cirurgiões, endocrinologista, oncologista, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, pneumologista, educador físico e fisioterapeuta, oferecendo todo suporte necessário para uma abordagem integral do paciente. A clínica é dirigida pelo cirurgião bariátrico, Erivaldo Alves, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM).

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑