Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Casa do Carnaval amplia acervo


Para comemorar o primeiro ano da Casa do Carnaval, o equipamento vai ganhar seis novos filmes, que ficarão disponíveis para exibição no museu. Os curtas serão apresentados, pela primeira vez, a artistas, produtores, pesquisadores e imprensa, em um evento que será realizado na próxima terça-feira (5), às 17h, data em que a Casa completa aniversário. Neste dia, o equipamento estará fechado para o público, que terá oportunidade de visitar a Casa de forma gratuita no dia seguinte, 6 de fevereiro.

O filme “Irmãos Macêdo” retrata a história dos fundadores do trio elétrico Dodô e Osmar, além de apresentar a família Macêdo, através dos depoimentos de Armandinho, Aroldo, André e Betinho. O material destaca a importância desta família para a ressignificação do Carnaval da Bahia contemporâneo, com a eletrificação da música.

Já o curta metragem “Moraes Moreira” exalta o artista como o primeiro cantor a subir em um trio elétrico, momento em que foi consolidada mais uma transformação da folia momesca, época de transição entre os antigos e o atual carnaval.

Em “O visual do Carnaval”, uma roda de conversa entre os grandes responsáveis pela estética do carnaval: Juarez Paraíso, Jotta Cunha, Pedrinho da Rocha, Alberto Pitta e Ray Viana retrata as alterações óticas da folia. Esta super turma foi a mola propulsora da imagem da festa ao longo dos anos. Este material é uma homenagem da Casa do Carnaval àqueles que, geralmente, estão nos bastidores, mas que fazem os olhos de todos vibrarem com suas criações.

Outros três filmes são “Orlando Tapajós”, “Paulo Miguez e Milton Moura” e “Riachão”. Estes filmes retratam a estética dos carros de trio, a história do carnaval e obra de Riachão, respectivamente.

“A renovação do acervo é fruto do sucesso que a Casa do Carnaval fez durante o primeiro ano de funcionamento. Tivemos um nível altíssimo de satisfação dos visitantes, prova disso é que a Casa também foi reconhecida e premiada no Prêmio Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo (MTur). Ou seja, a gestão do prefeito ACM Neto está atenta às tendências, valorizando sempre o nosso patrimônio e inovando na gestão do turismo de Salvador”, ressalta o secretário Municipal de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco.

Entre a data de abertura do equipamento até o dia 30 de janeiro, 19.602 pessoas passaram pela Casa do Carnaval. O espaço é localizado na praça Ramos de Queirós, no Centro, ao lado da Catedral Basílica, em um imóvel do ano de 1921, conhecido anteriormente como a Casa do Fronstispício – tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A Prefeitura investiu cerca de R$ 6 milhões para a implantação do museu.

A curadoria do projeto é do artista, designer e cenógrafo Gringo Cardia, que estará presente no lançamento do novo acervo. Já passaram pelo museu personalidades como Regina Casé, Débora Secco, Daniela Mercury, Carlinhos Brown, Xanddy do Harmonia do Samba, Zeca Pagodinho, entre outros.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑