Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 13 de abril de 2019

Soteropolitanos já celebram o Dia Internacional do Beijo

Coração acelerado, frio na barriga, arrepio, calor, emoção e uma explosão de sentimentos que conduz ao encontro de lábios. A emoção do primeiro beijo tira os pés do chão e eterniza um momento único e especial. Mas, afinal, como surgiu o beijo? Historiadores acreditam que sua origem remonta aos nossos antepassados, que costumavam alimentar os filhos com comida mastigada diretamente da boca.

Segundo uma lenda italiana, em 13 de abril de 1882, um jovem chamado Enrique Porchelo era conhecido por ter beijado todas as mulheres de sua vila. Cansado de tantos rumores e devaneios por parte do mancebo, um padre ofereceu um prêmio em moedas de ouro para a mulher que nunca havia sido beijada pelo italiano. 

Ninguém apareceu para reclamar o prêmio e, de acordo com a lenda, o tesouro permanece escondido em algum lugar da Itália. A partir daí, o dia 13 de abril ficou conhecido como o Dia Internacional do Beijo.

O beijo é considerado uma demonstração de carinho, amizade, afeto e amor. Geralmente dado no rosto entre amigos e familiares como uma forma de afeto. Para os casais, o beijo tem uma representação amorosa. Os amantes se beijam nos lábios, indicando uma relação mais intensa. 

Tipos – São vários os tipos de beijos. Há o de língua, também chamado "beijo francês", que é dado entre casais. Tem o beijo roubado, que é inesperado e causa uma mistura de sentimentos, geralmente dado entre casais em inicio de namoro. 

Tem o selinho, que simboliza demonstração de carinho e afeto e costuma ser dado em qualquer pessoa, até mesmo entre familiares. E, por fim, o beijo fraterno dado entre pais e filhos como demonstração de amor e carinho.  

Experiências - Para Ricardo Ribeiro, 29, a experiência do primeiro beijo foi divertida, embora um pouco traumática. “No dia do meu primeiro beijo, aconteceu tudo de errado que uma pessoa poderia passar. Até hoje não acredito que tudo aquilo aconteceu comigo. Eu peguei engarrafamento para chegar ao local em que havia marcado com a pessoa, andei na chuva e cheguei todo molhado ao shopping center. Perdi até animação para encontrar a pessoa. Mas, mesmo assim, fui lá e o beijo aconteceu dentro do cinema, e foi incrível", confessa. 

Juntos há mais de 15 anos, Joseane Souza da Silva, 43, e Elenilson dos Santos Oliveira, 42, se conheceram em uma casa de shows de Salvador. Mas o primeiro beijo só veio acontecer dias depois, em um cenário cartão postal da cidade, no Farol da Barra. Assistindo ao pôr do sol.

A turista cearense Liliane Viana, 30, diz que o amor pelo seu filho não tem limites e que faz questão de sempre expressar isso para o pequeno Miguel Viana, 5. “Eu sinto um amor infinitamente profundo pelo meu filho, sempre estou beijando, abraçando e dando muito carinho para ele”, conta, emocionada.

Curiosidades – Apesar dos beijos expressarem diversas sensações boas, há curiosidades que poucas pessoas sabem. Durante um beijo apaixonado são ativados 29 músculos do nosso corpo e que são transmitidas cerca de 250 mil bactérias em cada beijo. Outra coisa que poucas pessoas sabem é que, ao longo da vida, uma pessoa troca 24 mil beijos, entre afetos familiares, amistosos e amorosos.

Os beijos estão presentes em todos os cantos de Salvador, nos carnavais, nos pontos turísticos, festas, praças, bairros, ruas e, claro, nos lares das famílias. Ele não tem cor, não faz distinções, ele simplesmente acontece através das relações de afeto, amor, carinho e amizade. Independente da relação ou do tipo, ele sempre será representado pelo amor na cidade do axé.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑