Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Missa celebra requalificação da parte interna da Basílica do Bonfim

A sexta-feira, conhecida como o Dia da Gratidão para os devotos de Nosso Senhor do Bonfim, foi ainda mais especial hoje (24), com a entrega da parte interna da Basílica do Senhor do Bonfim completamente restaurada. Com a parte artística coordenada pela Prefeitura, a obra concluída foi celebrada em missa ministrada pelo padre Edson Menezes, pároco da templo, e com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis, demais autoridades, imprensa e comunidade.

O prefeito salientou que a reforma da parte interna da Basílica do Bonfim, aliada a outros investimentos municipais realizados nos últimos anos, reforça ainda mais a fé e até mesmo a economia de Salvador.

“Em pouco tempo, vamos ter na Cidade Baixa um incremento muito grande, porque, com o processo de valorização e reconhecimento de Irmã Dulce como santa; a implantação do Caminho da Fé, que é a integração do Santuário de Irmã Dulce com o Bonfim; a conclusão das obras de recuperação da Colina Sagrada e da Baixa do Bonfim; e a igreja, belíssima como está com seu novo altar inteiramente restaurado, tudo isso ressalta ainda mais a importância desse patrimônio para a fé dos baianos e para a economia da cidade”, relatou.

Ao todo, foram investidos mais de R$ 643 mil para a recuperação do espaço, que possui importante significado histórico e religioso. A verba foi fruto de emenda parlamentar do ex-deputado federal José Carlos Aleluia, também presente na cerimônia. Todo o processo de restauração foi acompanhado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) e pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), com participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Melhorias e agradecimento – O pacote de intervenções incluiu a recuperação da capela-mor, cobertura, restauração do retábulo do altar-mor e do forro, escada atrás do nicho e instalações elétricas. Além disso, também foram restauradas as portas de acesso às sacristias, tribunas, molduras dos óculos do forro e pilastras decoradas.

“Agradeço à Prefeitura por esta iniciativa, assim como a requalificação da praça e a futura implantação do Caminho da Fé. Aqui será uma referência da devoção e da fé. E olha como está a beleza do nosso altar”, salientou o padre Edson Menezes, que agradeceu também a todos os demais envolvidos na obra.

Para o juiz da Irmandade do Senhor do Bonfim, Francisco José Pitanga Bastos, há muito a se comemorar. Ele destacou a importância do trabalho de restauro e ressaltou que a ação é somada às intervenções no entorno da Basílica, que deram um novo aspecto à região.

“O resultado ficou maravilhoso. Nós acompanhamos o passo a passo da restauração e o Bonfim vai estar totalmente restaurado. Além de tudo, conseguimos alocar também uma parte dos recursos para restaurar os azulejos portugueses da ala direta que estavam muito estragados”, enfatizou.

A Basílica do Senhor do Bonfim é um símbolo de fé para os baianos e um dos pontos turísticos mais visitados na capital. O museu da igreja é o único no país que possibilita ao visitante subir na torre para apreciar a vista panorâmica e fazer registros fotográficos.

Outras intervenções – Em janeiro último, a Prefeitura entregou a primeira etapa da requalificação da Colina Sagrada. A Praça do Largo foi ampliada, dando a sensação de continuidade das escadarias da igreja. Toda a pavimentação do local passou a ser composta por mosaico e grafismos marcados no piso em pedra portuguesa. Novos mobiliários, ordenamento do trânsito e dos ambulantes, paisagismo e iluminação em LED também foram aplicados na praça.

Prevista para ser entregue em junho próximo, a segunda etapa das obras envolve a Praça Eusébio de Matos, também conhecida como Baixa do Bonfim. Haverá redesenho da área, que ficará integrada aos arcos da Ladeira do Bonfim. Com isso, haverá a reativação dos vãos dos arcos – os locais vão servir para atividades comerciais e de serviços.

Um pequeno palco para realização de eventos pela comunidade será instalado no centro da área de convivência e lazer. Parte da área será destinada à criação de um estacionamento público, incluindo baias para ônibus e vagas para vans e motocicletas, para atender à demanda das vagas excluídas no Largo do Bonfim.

A ligação entre as partes alta e baixa da Colina Sagrada ocorrerá por meio de rampas e escadarias que serão reposicionadas com acessibilidade universal. O investimento nas duas etapas é de R$ 11,5 milhões.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑