Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Perfume ou Colônia? Principais diferenças entre cada tipo

No dia a dia dos brasileiros, as fragrâncias são itens indispensáveis.

Pensando nisso, a farmacêutica da rede de farmácias Extrafarma, Camila Oliveira, explica as diferenças entre Perfumes e Colônias e as principais ocasiões de uso de cada tipo de produto.

Extrafarma lista as principais diferenças entre cada tipo de produto e suas ocasiões de uso

A principal diferença entre os tipos de produto reside na porcentagem de óleo essencial em sua composição. Como consequência desse fator, outra forma de diferenciação é o tempo de duração média dos produtos na pele. Da colônia ao perfume, a concentração de essência e o tempo de fixação na pele são crescentes.


Além dessas duas características, os perfumes também são classificados pelo volume de água na composição do solvente. Veja a tabela explicativa:




   

Volume da essência
   

Composição do solvente

(etanol : água)
   

Duração média na pele

Perfume
   

15%
   

950 : 50
   

12 a 20 horas

Loção perfumada
   

8%
   

900 : 40
   

6 a 8 horas

Água de toilette
   

4%
   

800 : 200
   

4 a 6 horas

Colônia
   

2 - 3%
   

700 : 300
   

Baixa fixação



De modo geral, quanto maior a concentração de essência na mistura e menor volume de água misturada ao etanol, mais duradouro e intenso é o aroma e, por isso, os produtos chamados de perfumes são mais indicados para serem utilizados em ocasiões especiais, quando o odor agradável na pele deve permanecer por mais tempo.



“Vale lembrar que o tempo de duração das fragrâncias varia com o tipo de pele. Peles oleosas tendem a reter o aroma por mais tempo. Por isso, pessoas com peles mais secas devem cuidar da hidratação, com um produto sem fragrância ou com aroma suave, logo após o banho, para a fixação do perfume”, explica Camila Oliveira, farmacêutica da Extrafarma. 



Regiões do corpo em que a fragrância dura mais tempo



As colônias são tipos de perfume com menor concentração de essência na mistura, geralmente de 2 a 3%, bastante indicadas para serem utilizadas logo após o banho, por garantir a sensação de frescor e limpeza por mais tempo, e como um complemento ao desodorante. É possível ainda borrifá-las por todo o corpo, já que a fixação é baixa.



“Usar perfumes com moderação também contribui com a saúde das pessoas que estão ao redor, uma vez que a sensibilidade aos odores é bem mais comum do que as pessoas pensam. As maiores queixas são relacionadas à dificuldade respiratória e dores de cabeça”, orienta a farmacêutica.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑