Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Animação e comidas típicas marcam encerramento de ação no CSU de Pernambués

 Animação e comidas típicas marcam encerramento de ação de qualificação profissional no CSU de Pernambués

O cheiro vindo da cozinha já denunciava o que os convidados esperavam no CSU de Pernambués, em Salvador, na tarde desta quarta-feira (05). Alegria, animação e muita comida típica foram os carros chefes da festa de encerramento da Oficina de Comidas Típicas promovida pela coordenação da unidade, que é administrada pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).

O curso é parte integrante do Projeto de Inclusão Social, Qualificação Profissional e Tecnológica. O objetivo é promover cursos e oficinas voltados para a comunidade local. Pernambués é um dos maiores bairros de Salvador. Nesta edição, os participantes aprenderam a fazer o que há de mais requisitado na cozinha baiana: abará, caruru, frigideira de bacalhau, bolinho de estudante, feijão fradinho, cocada, molho de pimenta, acarajé e vatapá.

No evento de encerramento, uma mesa de jurados formada por pessoas que atuam na área da gastronomia, especialmente no bairro, e pela coordenadora do CSU Pernambués, Rose Rian, avaliou os quitutes preparados pelas alunas e alunos do curso.

"Eu sempre gostei muito de comida baiana, mas achava um bicho de sete cabeças porque envolve dendê. Sempre me pareceu muito difícil, mas esse curso foi um divisor de água porque a gente efetivamente aprendeu. Todos nós saímos daqui sabendo muito mais", afirmou Talita Vieira, que é fisioterapeuta, mas também atua com gastronomia.

As comidas produzidas pelos alunos receberam nota 10 dos avaliadores e do público presente no evento. As 15 participantes também receberam certificado pelo trabalho realizado ao longo do curso.

A cozinheira Ednalva Carvalho, moradora do bairro há 38 anos e facilitadora do curso, o balanço dessa turma é mais do que positivo. "Todos os alunos foram excelentes, aprenderam direitinho, foram muito dedicados. Essa turma foi muito especial, trabalharam duro e se esforçaram. É muito gratificante estar ao lado deles porque o curso é feito com muito amor e carinho. Me sinto feliz em repassar algo que um dia aprendi com alguém também, dessa mesma forma", pontuou a profissional.

Para Rose Rian, coordenadora do CSU de Pernambués, "essas iniciativas são muito importantes e sempre contam com a participação da comunidade. Nosso objetivo é promover qualificação e novos aprendizados para que as pessoas possam melhorar sua renda e sua qualidade de vida".

rédito das imagens: Michele Brito / Ascom SJDHDS



rédito das imagens: Michele Brito / Ascom SJDHDS

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑