Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Espetáculo com drag queens homenageia Gregório de Mattos nesta sexta (14)

Um sobrevoo pela obra do poeta Gregório de Mattos é o tema do espetáculo "Gregorianas", peça que leva ao palco do Teatro Molière, na Avenida Sete de Setembro, onze artistas transformistas, entre os dias 14 e 16 de junho. A encenação é fruto do TransFormação, programa de profissionalização e aperfeiçoamento voltado para atores e atrizes transformistas da cena soteropolitana, financiado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), através do primeiro ano do edital GREGÓRIOS.

“Gregorianas” traz ao palco poemas, trechos da peça Bocas do Inferno, de autoria da dramaturga Cleise Mendes, além de textos desenvolvidos a partir de improvisação durante o processo de montagem. No elenco estão Marie Flamel, Azvdo, Natha Sympson, Midorii SooKido, Mephistopheles Evangeline, Didi Yoncé, Annastacia Drumond, Ivanelly Bergman, Afrodite kazumba, Miguella Magnata e Nininha Problemática. O espetáculo ainda conta com a participação especial de Camila Castro, como Jorjão.

Miguella Magnata, uma das drags que compõem o elenco, está há dois anos atuando no universo transformista e acumula os títulos de cantora de pagode e repórter. Ela defende que estar nos palcos é transpor as barreiras. "É diferente porque estamos levando a arte para outros espaços, estamos ocupando outros setores, seja no teatro, seja na TV ou até mesmo nas plataformas digitais", justifica.

A trilha sonora vai do eletrônico ao forró, passando pelo rap e pop, com referências da mpb. O roteiro é organizado por Luciana Comin. “Gregorianas” segue sob orientação coreográfica de Jaqueline Elesbão, figurino e produção de moda de Luiz Santana (Rainha Loulou), ambientação por vídeo mapping assinada por Giovani Rufino, iluminação de Fernanda Paquelet e direção de Fernando Marinho, curador do projeto.

As sessões acontecem sexta e sábado, às 20h, e domingo às 19h. A classificação é de 16 anos.

TransFormação - O programa de formação que culminou na peça foi oferecido de forma gratuita e teve início em novembro de 2018. Proporcionou, dentre disciplinas teóricas e práticas, aulas de performance, maquiagem, dublagem, improvisação e história do transformismo, além de palestras e consultorias, com carga horária de 400 horas e certificado para encaminhamento do atestado de capacidade profissional.

Marconi Araponga, gestor cultural e um dos realizadores da encenação, explica que o projeto é pioneiro no país, focado em uma arte com estética à parte e de certa forma, recente. Para ele, "é importante salientar que os resultados do edital ainda serão percebidos ao longo de muitos anos". Ele diz ainda que o projeto é piloto e há a pretensão de replicá-lo em pelo menos duas outras capitais do país.

TransFormação é um programa institucional do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado da Bahia (SATED-BA), realizado pelo Grupo Teca Teatro e Outras Artes, com patrocínio da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio da Natura.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑