Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Sala Walter da Silveira resgata clássicos com a Mostra "O cinema segundo Hitchcock”


O cinema nunca foi o mesmo depois de Alfred Hitchcock. Seus filmes continuam a resistir ao tempo, atravessando gerações de cinéfilos, com o mesmo interesse e apelo de público. A Sala Walter da Silveira, de 4 a 10 de julho (exceto dia 7 de julho), reverencia o eterno “mestre do suspense” com uma seleção de quatro obras-primas do realizador britânico.

Com apoio da MPLC e sessões gratuitas, sempre às 15h, o ciclo “O Cinema Segundo Hitchcock” traz como atrações o inusitado “A Dama Oculta”, um thriller de tirar o fôlego quase todo ambientado num trem e o seminal “O Sabotador”, que explora um dos traços mais característicos da poética do cineasta, a transferência de culpa. Completam o ciclo duas obras consagradas, que integram qualquer antologia dos melhores filmes da história do cinema: “Janela Indiscreta” e “Os Pássaros”.

Biografia

Filho de William e Emma Hitchcock, Alfred foi criado debaixo de uma rígida formação católica. Em 1915, foi trabalhar na Henley Telegraph and Cable Company, sendo que já em 1919, aos 20 anos, começou sua carreira no cinema, ao conseguir um emprego de designer de intertítulos no estúdio da Players-Lasky, em Londres. Lá ele aprendeu a roteirizar, editar e também direção de arte, e em 1922 se tornou assistente de direção. Neste mesmo ano, dirigiu “Number Thirteen” ou “Mrs. Peabody”, que nunca foi finalizado. Seu primeiro longa-metragem completo como diretor foi “The Pleasure Garden”, uma produção anglo-germânica de 1925, filmada em Munique.

No ano seguinte, filmaria “The Lodger”, que sintetiza muito da sua obra, pois além da trama ser sobre um protagonista inocente que é falsamente acusado e acaba sendo envolvido em uma rede de intrigas, este filme também marca a primeira aparição do diretor. Estas aparições inclusive se tornaram uma marca, tanto que com o passar dos anos Hitchcock aparecia mais no início dos filmes, pois a audiência ficava tão preocupada em vê-lo que desviava a atenção da trama. Assim, em filmes mais recentes, ele normalmente surge logo no início do filme e de uma maneira que é fácil localizá-lo. Nunca ganhou um prêmio por melhor direção no Oscar, apesar de ter sido indicado 5 vezes.

Serviço:
“O Cinema Segundo Hitchcock”
Quando: 4 a 10 de julho (exceto dia 7 de julho), sempre às 15h
Onde: Sala Walter da Silveira – Rua General Labatut, nº 27 – subsolo da Biblioteca Pública dos Barris. Fone: 3328-7009
Sessões gratuitas

Confira a programação:

4 de julho

A Dama Oculta (The Lady Vanishes, ING/EUA, 1938) - Exibição digital
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: Margaret Lockwood, Michael Redgrave e Paul Lukas
Duração: 95 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse - Em um pequeno recanto da Europa os passageiros de um trem ficam retidos em virtude de uma nevasca e são obrigados a pernoitar em uma pequena estalagem. Lá uma rica jovem conhece uma velha governanta e ambas combinam de se encontrarem no dia seguinte no trem. Entretanto, logo após o início da viagem a governanta desaparece e ninguém, por motivos diversos, afirma ter visto a pessoa desaparecida. Ela persiste em suas investigações e acaba convencendo um musicólogo, com quem ela tinha se desentendido na véspera.

5 e 9 de julho

O Sabotador (Saboteur, EUA, 1942) - Exibição digital
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: Robert Cummings, Otto Kruger e Priscilla Lane
Duração: 108 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse - O operário Barry Kane (Robert Cummings) é acusado injustamente de sabotagem. Determinado a provar sua inocência ele foge até Nova York, onde encontra Charles Tobin (Otto Kruger), líder de uma organização fascista. Acompanhado pela desconfiada Pat Martin (Priscilla Lane), que apenas aguarda o momento ideal de delatá-lo, Kane busca Frank Fry (Norman Lloyd), o verdadeiro sabotador.


6 e 8 de julho

Janela Indiscreta (Rear Window, EUA, 1954) - Exibição digital
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: James Stewart, Grace Kelly e Raimund Burr.
Duração: 110 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse - Em Greenwich Village, Nova York, L.B. Jeffries (James Stewart), um fotógrafo profissional, está confinado em seu apartamento por ter quebrado a perna enquanto trabalhava. Como não tem muitas opções de lazer, vasculha a vida dos seus vizinhos com um binóculo, quando vê alguns acontecimentos que o fazem suspeitar que um assassinato foi cometido.


10 de julho

Os Pássaros (The Birds, EUA, 1963) - Exibição digital
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: Tippi Hedren, Rod Taylor e Jessica Tandy.
Duração: 110 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse - Melanie Daniels (Tippi Hedren) é uma bela e rica socialite que sempre vai atrás do que quer. Um dia ela conhece o advogado Mitch Brenner (Rod Taylor) em um pet shop e fica interessada nele. Após o encontro ela decide procurá-lo em sua cidade. Ela dirige por uma hora até a pacata cidade de Bodega Bay, na Califórnia, onde Mitch costuma passar os finais de semana. Entretanto, Melanie só não sabia que iria vivenciar algo assustador: milhares de pássaros se instalaram na localidade e começam a atacar as pessoas.

Foto: Divulgação

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑