Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Confira o que vai rolar na Semana do Clima da ONU em Salvador

Durante cinco dias, as atenções do mundo estarão voltadas para a capital baiana, que sediará a Semana do Clima da América Latina e Caribe a partir dessa segunda-feira (19), no espaço Salvador Hall, na Avenida Luiz Viana Filho (Paralela), onde foi erguida uma cidade ecologicamente correta. Trata-se de um evento regional organizado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas (UNFCCC) e pela Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), antecedendo a COP-25, maior conferência da ONU sobre o clima, a ser realizada em dezembro, no Chile. 

Representantes de 26 países já confirmaram presença na Semana do Clima, que já tem mais de 3,5 mil inscritos que irão debater a crise climática no planeta, sendo 40% deles de fora da cidade. Ao longo da programação, que é bem dinâmica, envolvendo discussões técnicas e diálogos temáticos, estarão presentes, além do prefeito ACM Neto, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e gestores de outras cidades do país e do mundo, a exemplo do chefe do Executivo municipal de São Paulo, Bruno Covas. As inscrições gratuitas podem ser feitas até esta sexta (16) no link https://reg.unog.ch/event/29406/.

Abertura - Dentro do evento, a Prefeitura vai instaurar o Painel Salvador de Mudança do Clima, nesta segunda (19), a partir das 8h, abrindo a Semana do Clima. O Painel é uma rede organizada pela Secis que pretende unir pesquisadores e profissionais da área para criar uma agenda climática para a cidade e estimular o desenvolvimento sustentável. 

Estarão presentes na abertura do Painel o prefeito ACM Neto, o secretário da Secis, André Fraga, o embaixador da Holanda, Kees van Rij; o primeiro-secretário da Embaixada Alemã, Lutz Morgenstern; o diretor-regional do Grupo C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima (C40), Manuel Oliveira; a representante da Sociedade Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), Ana Carolina Camara; e o diretor da UNFCCC, James Grabert.

Na ocasião, o prefeito e o titular da Secis irão anunciar o Plano Municipal de Adaptação e Mitigação da Mudança Climática. O renomado climatologista brasileiro Carlos Nobre, maior referência no Brasil nos assuntos relacionados ao clima e que integra a equipe que desenvolverá os estudos para subsidiar o plano, estará presente e fará palestra. No final do dia, às 17h, ele vai assinar o manifesto “Crianças e a ciência: uma aliança em nome do futuro” escrito pelos alunos da Escola Municipal Marcos Vinicius Vilaça, que também são embaixadores da ONG alemã Plant-for-the-Planet Brasil.

O plano, desenvolvido com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Prodetur, e do Grupo C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima, será um instrumento para que a cidade atinja as metas do Acordo de Paris - o pacto global de combate às mudanças climáticas. Vale frisar que Salvador foi a primeira cidade da America Latina a assumir compromissos com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, formado por gestores para implementar politicas e ações para redução das emissões e adaptação das cidades aos efeitos das mudanças climáticas. 

Terça – As atividades do Painel Salvador de Mudança do Clima vão até a terça (20), com um debate, a partir das 9h, acerca do financiamento climático para cidades da América Latina. Pela tarde, às 14h30, haverá uma sessão pública com representantes do C40, da rede Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI) e do Programa 100 Cidades Resilientes (100RC) da Fundação Rockefeller. Todas essas instituições são parceiras da capital baiana em projetos de sustentabilidade e resiliência.

Também ás 14h30, haverá um workshop aberto ao público sobre transição para economia de baixo carbono, que pretende criar conscientização e provocar um impulso sobre como gerenciar de forma sustentável os impactos da transição.

Quarta – No dia 21, a partir das 9h, acontecerá a plenária do evento, com a presença do prefeito ACM Neto; do presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia; do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles; do representante da ONG WWF (Fundo Municipal para a Natureza, Manuel Pulgar Vidal; da coordenadora residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic; e do diretor sênior de POlítica e Programa de Mudanças Climáticas da ONU, Martin Frick.

A partir de então, durante todo o dia, serão realizados diversos eventos em blocos temáticos sobre quatro das nove temáticas da Cúpula sobre a Ação Climática da ONU: transição energética; transição da indústria; infraestrutura, cidades e governos locais; e soluções baseadas na natureza. Na ocasião, serão feitos desde diálogos técnicos a troca de experiências em ações para combater as mudanças do clima na América Latina.

Às 16h de quarta, o vice-prefeito Bruno Reis faz a abertura institucional de um bloco temático que vai discutir soluções baseadas na natureza, ecossistemas e recursos hídricos nos oceanos. O evento é liderado pela organização The Future Ocean Aliance, e visa a formação de um grupo para discutir o tema com início em Salvador e aprofundamento na COP-25, no Chile.    

Ainda na quarta, às 19h, um passeio ciclístico batizado de Pedal Sustentável e organizado pela Saltur, através do Movimento Salvador Vai de Bike, será realizado pelas ruas de Salvador. Um grupo sairá do Jardim dos Namorados em direção ao Farol da Barra e retorna para o local de partida. Haverá apoio fornecido pela Transalvador, Guarda Civil Municipal e Secis. Serão disponibilizados para o público gratuitamente 40 “laranjinhas”, as bicicletas compartilhadas do Bike Itaú.

Para o empréstimo da bike compartilhada é necessário estar com comprovante de endereço e documento oficial com foto em mãos, ou cartão de crédito e documento com foto. Serão distribuídos brindes e realizado sorteios. Além disso, os ciclistas poderão contar com hidratação e carro de som. Para participar dos sorteios é necessário fazer a pré-inscrição através do link: http://bit.ly/2N4vfdE. 

Quinta – A quinta (22) será marcada por plenárias que abordarão os temas relacionados às mudanças climáticas. Às 9h, o prefeito ACM Neto e ministros de meio ambiente de diversos países como Brasil, Argentina, Guatemala e Trinidad e Tobago estarão presentes na plenária “Segmento ministerial: rumo à COP25 e esforços para alcançar as metas do Acordo de Paris”. O ministro Ricardo Salles estará presente na plenária seguinte, que acontece às 10h, sobre as políticas de meio ambiente do governo brasileiro.

Destaques do último dia - Na manhã de sexta (23), diversos eventos paralelos acontecerão. O "Painel com prefeitos", que inicia às 10h, vai reunir autoridades da América Latina e Caribe para fortalecer o engajamento das cidades nas questões ambientais. Além de ACM Neto, estarão presentes os prefeitos de Santiago do Chile, São Paulo e Manaus, dentre outros.O prefeito de Salvador vai mediar o painel. 

Ainda pela manhã, haverá workshops sobre economia circular, financiamento climático e transparência. Às 12h30, será realizada a última plenária com a cerimônia de encerramento da Semana do Clima.

Neste dia também, um grafite no mural da Cidade do Clima será entregue, às 13h, com a presença das crianças da Associação Pracatum e autoridades. A arte será iniciada na quarta-feira (21) com 50 alunos de escolas públicas e professores que participam do projeto “Tô ligado na energia”, em parceria com a Coelba.

Ações - Todos os dias, durante os intervalos para almoço da Semana do Clima, serão realizados ainda eventos paralelos, como os Centro de Ação (Action Hub), que vão demonstrar atividades importantes realizadas pela sociedade na área de meio ambiente, e os “side speakers”, debates sobre temas de interesse ambiental.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑