Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 31 de agosto de 2019

Salvador alcança 41 hortas e cerca de 60 mil mudas de árvores plantadas

Quem passa por Salvador percebe que a cidade está muito mais verde hoje do que em 2013. Praças e canteiros centrais da cidade, como os da Avenida Luís Eduardo Magalhães, Afrânio Peixoto (Suburbana), Barros Reis e Via Expressa esbanjam cores, perfume e beleza com pés de ipês, paus-ferros e buquês-de-noiva. O plantio dessas mudas e a preservação de parques importantes para a cidade são fruto de uma política articulada de preservação ambiental e a uma série de medidas adotadas e executadas pelo Município. 

Desde 2013, cerca de 60 mil mudas de árvores foram plantadas na capital. Só este ano, durante a Operação Plantio Chuva, promovida pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) em abril, foram plantadas 1.589 mudas em ruas, escolas, praças e canteiros centrais da cidade. Os profissionais da Secis aproveitam o período de maior incidência de chuva para realizar o plantio e replantio das espécies, reduzindo os custos com a irrigação. O cuidado é constante, visto que as espécies plantadas podem passar por adversidades, a exemplo de pragas e vândalos. 

Toda essa vegetação plantada nos últimos seis anos e meio está regulamentada no Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU). Sancionado em 2017, o documento prevê uma série de iniciativas para a conservação, preservação e ampliação da arborização. Aliado ao PDAU, o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) garante a proteção de uma área ambiental de 27 milhões de metros quadrados, englobando espaços importantes de lazer, como o Parque da Cidade e o Jardim Botânico (que em breve passará por obras de ampliação). 

Alimento – Além de tornar as ruas mais belas, parte da nova vegetação tem alimentado comunidades e estudantes por meio das hortas urbanas e escolares apoiadas pela administração municipal. Desde 2016, a cidade conta com 41 hortas, sendo 15 escolares e 26 urbanas – uma dessas, situada no Jardim das Margaridas, é acessível a deficientes e idosos. 

Em espaços onde, muitas vezes, havia um terreno baldio que acumulava lixo e proporcionava insegurança nas comunidades, estão sendo plantadas hortaliças, verduras, frutas e ervas – são comuns a alface, cebolinha, coentro, pimenta, tomate, couve, cenoura, manjericão, hortelã e orégano. Também podem ser encontradas plantas medicinais como erva-cidreira, aroeira, boldo e capim-santo, entre outros. 

As hortas tornaram-se espaços ecológicos de socialização, dando sentido à vida de muitas pessoas que antes conviviam com a depressão. Além disso, esses ambientes têm fornecido alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos à população. 

O diretor de gestão do Sistema de Áreas de Valor Ambiental do Município, Uelber Reis, explica que, quando cidade valoriza a qualidade ambiental, contribui para que a população tenha vários benefícios. “O primeiro deles é que a cidade terá áreas menos quentes porque, quanto mais área verde e árvores, maior é o conforto térmico. O segundo ponto é que as doenças diminuem, uma vez que as praças e a presença de árvores incentivam as caminhadas. Além disso, a vegetação valoriza os imóveis e o turismo”, diz. 

Solicitação – O plantio de árvores e a implantação de hortas podem ser solicitadas pela população. O pedido de mudas de árvores como ipês, sibipirunas, jacarandás, pau-ferro, acácias e eucaliptos pode ser feito por meio do Fala Salvador 156, pelo telefone (71) 3611-3802, ou por mensagem via WhatsApp para o número (71) 98549-8453. 

Já o pedido de implantação de hortas comunitárias deve ser feito apenas pelo telefone (71) 3611-3802. Este mês, 11 avaliações técnicas já foram feitas para verificar a viabilidade de implantação de novas hortas em Salvador. Em caso de aprovação, a Prefeitura presta toda assistência para a limpeza, roçagem do terreno, suporte para estruturação das leiras (áreas de plantio) e doações das primeiras mudas.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑