Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Primeiros socorros aumentam sobrevivência em até 50% em casos

Primeiros socorros aumentam sobrevivência em até 50% em casos de paradas cardiorrespiratórias


Ter o mínimo de noção em primeiros socorros pode ajudar a salvar vidas. Segundo o médico clínico geral da Vitalmed, que atua diretamente com chamados de emergência, Ricardo Estevam, a primeira assistência básica pode aumentar as chances de sobrevivência de um paciente em até 50%, principalmente em casos de parada cardiorrespiratória (PCR). No Brasil, pesquisas revelam que esse tipo de problema é responsável por mais de 100 mil mortes súbitas, por ano. 

No mês em que é comemorado o Dia Mundial do Coração (29.09), o médico socorrista explica que situações de emergência podem ocorrer de forma inesperada e, antes de tomar qualquer atitude, é preciso saber o que fazer para evitar o agravamento do quadro. "O indivíduo que está inconsciente, deixa de responder aos estímulos e para de respirar, pode estar em PCR. Neste caso, a primeira recomendação é ligar para um serviço de emergência, manter a calma, pedir o afastamento das pessoas que estão próximas e iniciar, de imediato, as compressões no tórax – as chamadas manobras de ressuscitação", revela Ricardo Estevam. 

De acordo com o médico, a parada cardiorrespiratória consiste na interrupção repentina da circulação do sangue no organismo e, consequentemente, dos batimentos cardíacos e da respiração, e ausência de pulso. “Especificamente, esse é o momento em que o coração deixa de funcionar e a pessoa, consequentemente, para de respirar. Neste sentido, a massagem cardíaca faz com que o coração volte a bater. Esse quadro pode ser desencadeado por diversos motivos, como acidentes, afogamento, intoxicação, doenças neurológicas e, principalmente, cardíacas”, ressalta Estevam.



Como agir

- Chame imediatamente o serviço médico de emergência.

- Sinalize o ambiente do acidente.

- Verifique a responsividade e o pulso da vítima.

- Não havendo ambos, inicie os procedimentos de reanimação: coloque as mãos entrelaçadas no centro do tórax e comprima-o, sem dobrar os braços, repetindo o procedimento entre 100 e 120 vezes por minuto até o socorro chegar. A cada 2 minutos, verifique se há pulso, e não havendo, continue.

- Se a reanimação não for feita imediatamente, a pessoa tem chances muito reduzidas de se salvar.



Primeiros socorros

Com 26 anos atuando no mercado de atendimento pré-hospitalar, em casos de emergências e urgências médicas, a Vitalmed opera em Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Ilhéus e em São Luís do Maranhão, contando com uma ampla equipe de profissionais, tendo realizado mais de dois milhões de atendimentos ao longo dos anos. Durante a ligação de um associado, uma equipe treinada já consegue, através de algumas perguntas, identificar a ocorrência e dar as primeiras orientações médicas. Em casos de alta complexidade, uma ambulância é deslocada até o paciente.





0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑