Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 28 de setembro de 2019

Rock na Rua agita o Rio vermelho no penúltimo dia de Festival da Primavera

Com intuito de levar muita alegria e diversão em sua 14ª edição, o projeto Rock na Rua, idealizado pelo Clube dos Bons Sons (CBS), promove quatros horas de muito som neste sábado (28), das 17h às 21h, no Palco Toca Raul, localizado no Rio Vermelho (próximo ao Teatro Sesi). Na ocasião, se apresentam as bandas Rocket, Reis Bulldog e Guerra Fria. Cada uma vai tocar por cerca de uma hora. O evento integra a programação do Festival da Primavera e é gratuito.

“A Prefeitura e a FGM nos apoia, cedendo o espaço e a energia elétrica, e é muito importante porque a gente dá oportunidade às bandas de promover os seus trabalhos, e no momento que elas se apresentam, gratuitamente. Ali, elas têm os olheiros, as menções nas redes sociais. A gente tira fotos e filma. Então, é uma oportunidade para que as bandas apareçam e digam ‘eu existo’. E quem não quer estar no palco com um grande público, não é? É uma grande oportunidade”, disse o economista e gestor do CBS, Weber Guimarães Fogagnoli, de 51 anos.

Após a apresentação dos três grupos, a organização vai realizar a JAM Session, onde o público terá a oportunidade de subir ao palco e se apresentar ao lado das bandas. “No final da terceira apresentação, a gente convida os músicos que estão na plateia a subir ao palco e se misturar com o pessoal da banda, para fazer uma JAM Session. Vamos supor que você seja um cantor ou uma cantora, então, caso queira, pode subir no palco para cantar uma música de sua escolha. Daí, a banda toca a música, mesmo que no improviso”, explica Weber Fogagnoli.

Expectativa - Vocalista da banda Guerra Fria, Tony Lopes afirma que a expectativa para se apresentar no Festival da Primavera é grande, principalmente por conta do retorno do grupo aos palcos. “A expectativa é grande, ainda mais por nos apresentar em um lugar tão importante para a cena alternativa de Salvador como é o Rio Vermelho. Um lugar onde as pessoas estão sempre circulando, um espaço fortalecido com o festival e que sempre traz novas energias para todo mundo. Estamos muito orgulhosos”.

Criada nos anos 1980, a banda ficou afastada por um longo período e o show marca o retorno ao cenário musical baiano com uma nova formação que agrega gerações diferentes. Analisando esta edição do Festival da Primavera, o cantor destacou que a iniciativa da Prefeitura tem sido muito positiva e tem rendido bons frutos para a capital baiana.  

“Diversificar os estilos musicais e os lugares das apresentações, ter uma multiplicidade de lugares atuando de forma importante, é ótimo. Levar as apresentações para locais que nem sempre são contemplados com isso e que são muito bonitos e importantes para nossa vida nos permite uma gama de possibilidades tanto para o público quanto para o artista”, destaca Tony Lopes.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑