Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Secretarias estaduais da Educação e da Saúde lançam campanha sobre o Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente um milhão de pessoas morrem por suicídio a cada ano, sendo a terceira causa de morte entre jovens, e o Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking mundial. Pensando nisso, as secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Saúde (SESAB) iniciaram, nesta terça-feira (3), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, a primeira ação voltada para a campanha do Setembro Amarelo, que visa a conscientização sobre a prevenção do suicídio. O evento contou com a participação dos secretários estaduais da Educação e da Saúde, Jerônimo Rodrigues e Fábio Vilas-Boas, respectivamente, além dos estudantes do Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, que participam do projeto Grupo de Amigos Motivadores (GAM), cujo objetivo é prestar apoio socioemocional aos colegas que sofrem de problemas, a exemplo da depressão.

Durante o encontro, foi transmitida a primeira de uma série de cinco palestras virtuais sobre o assunto e que teve como tema “O império das imagens, a era digital e a saída suicida”. As demais, com diversos temas, poderão ser acessadas por professores das redes estadual e municipais de educação, além de profissionais da atenção básica da área da Saúde e população em geral. O link estará disponível nos portais das duas secretarias (www.educacao.ba.gov.br e www.saude.ba.gov.br). Como parte das ações conjuntas entre as duas secretarias, também serão realizadas palestras presenciais nas escolas, ministradas por psicólogos e assistentes sociais.

O secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, falou da importância da discussão sobre o tema como uma forma de prevenção. “Setembro é um mês em que a gente tem um cuidado redobrado e de enfrentamento de uma situação de saúde que abala bastante as famílias e os colegas de trabalho e, nós que somos gestores, nos preocupamos muito com o suicídio. Eu sempre apelo, junto com o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, que não temos que ter receio e nem medo de tocar neste assunto”, afirmou.

Jerônimo também ressaltou o protagonismo dos estudantes com a causa. “Temos nesta escola, aqui no IAT, um projeto bastante referencial de estudantes e professores que diagnosticam e levantam a situação de colegas com qualquer risco de uma ação de suicídio. Eles tratam de uma forma muito respeitosa, mesmo não sendo profissionais da área, e recebem o acolhimento e a orientação de professores da área. Nós estamos tentando fazer isso em outras escolas, pois buscamos fazer isso com outros estudantes, professores da rede e profissionais da Educação. Além disso, queremos que esta ação desperte para os familiares, que possam, no bom sentido, alcançar as famílias e as pessoas no bairro onde moram com essa iniciativa, levando mensagens de acolhimento e prevenção”, completou.

Já o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou que é preciso falar abertamente sobre o tema. "Nós temos vivenciado um aumento do número de pessoas que se automutilam e que tentam suicídio, e este é um fenômeno que possui múltiplas origens e nós precisamos trabalhá-las todas para garantir que a sociedade moderna possa ter a juventude bem trabalhada psicologicamente e que possamos desenvolver todos os potenciais inerentes a quem está em uma fase de formação de busca de novas perspectivas de vida. E o papel da Educação e da Saúde é garantir o bem-estar social”, salientou. 

O estudante Emanuel Paixão, 18, 2º ano, que está à frente do GAM, abordou sobre o projeto. “A gente não só fala de depressão e suicídio no Setembro Amarelo e, sim, em todos os dias do ano, porque é muito importante se preocupar com o psicológico do colega e se importar com o que ele está passando para procurar uma forma melhor que ajude a melhorar tanto no aprendizado dentro do colégio, como na vida dele lá fora também”, explicou.


Confira a programação das próximas palestras virtuais:

10/09 – 14h30, tema: “Riscos da automedicação”

12/09 – 14h30, tema: “Suicídio da população negra”

17/09 – 14h30, tema: “Automutilação: do desespero ao pedido de ajuda”

24/09 – 14h30, tema: “Bullying: violência e prevenção do suicídio”

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑