Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Boca de Brasa realiza oficinas gratuitas a partir deste sábado (16)

Em celebração ao “Novembro Negro”, o Espaço Cultural Boca de Brasa - Centro dá início, neste sábado (16), a uma série de atividades gratuitas voltadas para a formação em teatro negro, a profissionalização artística e o intercâmbio cultural. O novo espaço integra o Quarteirão das Artes, complexo que abriga diversos espaços culturais, fica localizado na Ladeira da Barroquinha. As inscrições devem ser realizadas através do link  https:// forms. gle / 6ybFSgP92cdmCA9y5.

A teoria e prática relacionadas à produção teatral negra serão contempladas através de oficinas e workshops ministrados por nomes como Onisajé, diretora baiana, o diretor e ex-BBB Rodrigo França e a diretora e atriz paulista Gabriela Jonas.

Neste final de semana, das 10h às 14h, será ministrada a oficina “Narrativas Negras – Uma perspectiva própria”, pelos atores Rodrigo França Aline Borges, Marcelo Dias e Valéria Monã. Durante a atividade será utilizada a construção dramatúrgica usada para a realização do espetáculo Contos Negreiros do Brasil. Ao final do processo, cada participante apresentará sua cena. Durante a oficina, o coletivo selecionará dois participantes para uma participação especial no espetáculo "Contos Negreiros do Brasil", que se apresentará nessas datas no Espaço Cultural da Barroquinha.

No final de semana seguinte, dias 23 e 24 de novembro, às 13h, os presentes poderão mergulhar no processo de construção da dramaturgia, de personagens, roteiro e pesquisa do espetáculo “Navio Negreiro”, através do workshop “Nasce um espetáculo”. Durante a oficina serão realizadas apresentações teóricas e exercícios práticos. Os integrantes da Cia Teatral Ena, formado por Gabriela Jonas, Jarsom Wayans, Robson Marques, Silvana Fagundes e Vitor Rigonatti serão os responsáveis pelo direcionamento.

Finalizando essa primeira série de atividades, de 25 a 29 de novembro, às 18h, serão realizadas as aulas do Colégio de Altos Estudos em Teatro Preto, sob coordenação de Onisajé e Licko Turle, diretores de Pele Negra Máscaras Brancas. As aulas têm a proposta de criar um espaço para pesquisa, formação e experimentação de um Teatro Preto, negroreferenciado e com bases afrodiaspóricas. Além dos diretores trabalharem aspectos da atuação, direção e dramaturgia, também serão realizado workshops de direção de arte e visualidades, com Thiago Romero, Fabíola Nansurê, e Edileusa Santos.

A formação terá continuidade no mês de dezembro. Nos dias 9 e 11, a Companhia de Teatro Os Argonautas junta-se ao ator Harildo Deda para realizar a oficina “Interpretação Teatral – Reinterpretando Clássicos”. A atividade terá como foco a releitura de personagens e cenas clássicas da dramaturgia em diálogo estético frontal com a contemporaneidade, promovendo o exercício e aprimoramento do intérprete, a experimentação e o desenvolvimento de linguagem cênica.

Já nos dias 12 e 14 de dezembro, será a vez de trabalhar os exercícios de criação e interpretação para o teatro musical brasileiro através da oficina “Jogos de Criar”, ministrada pelo pernambucano João Falcão, diretor do espetáculo “Sonhos de uma Noite de Verão na Bahia”.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑