Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Hospital da Mulher atende metade dos casos de câncer de mama na Bahia

Durante o primeiro ano de funcionamento, o Serviço de Oncologia do Hospital da Mulher (HM), no Largo de Roma, em Salvador, realizou 12,8 mil consultas médicas e multiprofissional e mais de 7 mil sessões de tratamento. Os tumores de mama foram os responsáveis por 71% dos atendimentos, seguidos pelos ginecológico (24%), gastrointestinal (4%) e de cabeça e pescoço (1%). Com esses números, a unidade foi responsável por mais da metade do tratamento de câncer de mama em todo o estado.

“O Hospital da Mulher tem um perfil de atendimento cirúrgico e complementou com oncologia clínica. Neste um ano de funcionamento, nós atendemos 53% dos novos casos diagnosticados de câncer de mama na Bahia. Foram atendimentos cirúrgicos, de quimioterapia e hormonioterapia, quando indicados”, explicou o coordenador médico do setor, Marcos Lyra, se referindo ao período entre novembro de 2018 e outubro de 2019.

Uma das pacientes atendidas foi a faxineira Mônica Santos, que mora em Salvador. Após uma cirurgia de retirada do útero realizada no HM, exames de rotina feitos na unidade hospitalar identificaram um tumor no seio. Com o diagnóstico, ela recebeu o apoio da equipe multidisciplinar do hospital, formada por enfermeiras, farmacêuticas, psicólogas, assistentes sociais, nutricionistas e oncologistas. “O atendimento é ótimo. Gostei muito daqui”, disse a paciente. 

Já a comerciante Marileide Santos mora em Alagoinhas, no nordeste do estado, onde recebeu o diagnóstico de câncer de colo do útero e foi encaminhada pela Central de Regulação Estadual da Secretaria da Saúde (Sesab) para o tratamento de quimioterapia no HM. “Para mim, esse hospital faz toda a diferença. Os funcionários são muito bons. Eles dão carinho e atenção e não deixam ninguém em falta de nada. Depois que cheguei, eu perdi o medo e aquela sensação de desespero. Estou confiante com todo o apoio que estou tendo aqui”. 

O Hospital da Mulher atende exclusivamente mulheres com procedimentos agendados. É preciso procurar uma Unidade Básica de Saúde em um dos 471 municípios baianos para ser encaminhada, via Lista Única, para atendimento no hospital. 
Fonte GOV BA

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑