Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

NEOJIBA convida para último concerto de 2019 no TCA

Último concerto de 2019 da Série ‘NEOJIBA no TCA’ traz concerto com duas Orquestras, Coro Sinfônico e flautista suíço nesta quinta (12), às 20h



O último concerto de 2019 da Série ‘NEOJIBA no Teatro Castro Alves (TCA)’ apresenta nesta quinta-feira (12), 20h, um concerto reunindo de uma só vez duas orquestras e um coro sinfônico. No programa, o ‘Concerto para Flauta e Orquestra’ do compositor dinamarquês, Carl Nielsen (1865-1931), tendo como solista o flautista suíço Michel Bellavance, acompanhado pela Orquestra Juvenil da Bahia. Logo depois, serão apresentadas as ‘Suítes 1 e 2 da Ópera Carmen’ do compositor francês Georges Bizet (1838-1875), com solos do contratenor Felipe Reis, juntamente com a Orquestra Castro Alves e da Orquestra Juvenil da Bahia reunidas. O programa da noite será finalizado com ‘Cânticos de Natal’ com arranjos do compositor baiano, Fernando Burgos – já falecido – e com o Coro Sinfônico e as orquestras. A regência das três peças será do maestro venezuelano Eduardo Salazar. 

“Reunir mais de uma orquestra e coros para tocarem ao mesmo tempo é algo que acontece esporadicamente no mundo todos”, explica o diretor Musical do NEOJIBA, Eduardo Torres. Segundo ele, Heitor Villa-Lobos fez isto muito isso por todo os Brasil. “Nós também fizemos no nosso aniversário de 10 anos na Concha Acústica do TCA, quando reunimos cerca de 1.300 neojibenses tocando e cantando simultaneamente”, lembra Torres. Maestro e pianista, Eduardo relata que a experiência sensitiva de tocar com muitas pessoas é inesquecível para qualquer músico, especialmente para os músicos orquestrais. “É um momento impactante onde o músico fica imerso e totalmente envolvido pelo som”, diz. 

BELLAVANCE e SALAZAR – O concerto de Nielsen terá a participação especial do flautista suíço Michel Bellavance. Professor do Conservatório de Genebra (HEM) na Suíça, Bellavance faz masterclasses na Europa, Extremo Oriente e América Latina. Músico de renome, seus discos recebem elogios da crítica internacional e atestam seu interesse por repertório novo. Já realizou concertos com orquestras como a de Câmara de Genebra, da Fundação Gulbenkian de Lisboa, as Sinfônicas de Maracaibo e Nacional do Peru, dentre outras. 

A regência será do maestro venezuelano Eduardo Salazar. Regente e violinista, Salazar, segundo ele mesmo, é o resultado do internacionalmente conhecido Sistema Nacional de Orquestras Juvenis, Infantis e Coros da Venezuela (‘El Sistema’), iniciativa na qual Ricardo Castro se inspirou para criar o NEOJIBA no Brasil. Salazar foi um dos finalistas na prestigiada competição de regentes ‘Sir Georg Solti’ em Frankfurt (Alemanha). Realizou turnês pela Europa, Ásia, Américas do Norte, Central e do Sul. 

O NEOJIBA é considerado política pública prioritária do Governo da Bahia. 10 mil crianças, adolescentes e jovens já foram beneficiados pelo Programa que é vinculado a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e gerido pelo Instituto Social de Ação Pela Música. Os ingressos são  vendidos a preço popular (R$4 inteira e R$2 meia) via site.ingressorapido.com.br/tca, na bilheteria TCA (10h às 22h, segunda a sábados), ou SAC (Shoppings Barra e Bela Vista), de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Mais informações: site www.neojiba.org, instagram (@neojiba), twitter (@neojiba) e facebook (NEOJIBA).


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑