Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 10 de março de 2020

Com vigilantes em greve, agências devem fechar

O Sindicato dos Bancários da Bahia informa que as agências bancárias não irão abrir enquanto durar a greve dos vigilantes. A paralisação por tempo indeterminado foi deflagrada nesta terça-feira (10/03).


A intenção é pressionar as empresas a levarem à sério as necessidades da categoria, pontuadas nas negociações. Entre as reivindicações, reajuste de 13% nos salários, aumento do ticket de refeição, além de uma convenção coletiva. Sem um acordo os profissionais ficam desprotegidos, inseguros e com riscos de vida.


Enquanto a paralisação seguir, o Sindicato lembra que a lei federal de nº 7.102/83 tem de ser cumprida, ou seja, uma unidade bancária só pode funcionar com, pelo menos, dois vigilantes. Apesar disso, chegam denúncias de que algumas agências abrem normalmente sem qualquer segurança.


Uma parte funcionou sem numerário, mas atendendo ao público. A outra fechou para atendimento aos clientes, mas os funcionários continuaram a exercer suas atividades internamente. Uma atitude irresponsável que expõe bancários e clientes, que contam apenas com a sorte, já que não há vigilância. 


O Sindicato dos Bancários da Bahia cobra medidas dos bancos, capazes de assegurar a proteção de todos e os funcionários que forem assediados devem denunciar. "Estamos monitorando a situação e vamos continuar cobrando das direções dos bancos uma posição em relação aos bancários, para que não ocorra nenhum tipo de incidente, durante a greve dos vigilantes", reforça o presidente do SBBA, Augusto Vasconcelos. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑