Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 10 de abril de 2020

Agente de Empreendedorismo estimula vendas delivery para driblar coronavírus

Para driblar os prejuízos provocados pelas medidas de isolamento social, determinadas por lei e que são essenciais nesse momento para contenção do coronavírus, os microempreendedores do Agente de Empreendedorismo têm investido nas vendas com entrega delivery. Para orientar os pequenos empresários sobre o novo formato de negócio, as equipes do programa tem enviado conteúdo informativo em grupos de Whatsapp e redes sociais, além de manter contato diário, através de ligações telefônicas, para acompanhar o serviço.


Em um ano e um mês de atuação, a iniciativa desenvolvida pela Prefeitura em parceria com o Parque Social já realizou mais de 16 mil atendimentos, incluindo empreendedores e potenciais novos pequenos empresários. Entre os beneficiados está o vendedor de pasteis Raul Alves, 34 anos, que há quatro deles vive do comércio de salgados.



Ele conta que antes da pandemia, montava um estande, na Rótula da Feirinha, em Cajazeiras X, onde vendia as iguarias. No entanto, depois das medidas de isolamento, teve que suspender o atendimento e montar um serviço de entregas em domicílio.



“A gente resolveu pegar nossas redes sociais e divulgar o delivery. E não é que tem dado certo? Graças a Deus, temos conseguido honrar nossos compromissos e, quando tudo isso passar, vamos seguir as entregas em domicílio”, diz Alves.



Para ofertar o serviço, o microempreendedor precisou contratar um motoboy, que leva os pedidos às casas dos clientes de segunda a sexta-feira, das 17h às 22h e aos sábados e domingos, das 17h às 23h. Os pedidos que antes eram feitos de maneira presencial, agora são realizados pela rede de Instagram Ops@nidepasteis ou, ainda, pelos números de Whatsapp (71) 98882-7150 ou 98539-1715.



Dicas virtuais – Alves ressalta ainda que todas as dicas e informações que chegam pelos grupos criados pelo Agentes de Empreendedorismo têm sido de grande valia. “Todos os dias o pessoal tem nos orientado com dicas de higiene, além de fornecer técnicas para entregar em domicílio. Tudo que recebo nas redes tem sido muito útil”, salienta o microempreendedor.



A coordenadora do programa, Maiana Brandão, conta que, desde o início da pandemia, o grupo de trabalho do Agente de Empreendedorismo tem pensado em estratégias que possam estimular os microempreendedores. “Temos tentado fazer um trabalho remoto. Montamos grupos e diariamente a gente envia conteúdo voltado para as vendas nesse momento de crise. Além disso, temos feito muitas ligações para dar suporte. Sabemos que muitos dos nossos microempreendedores sobrevivem dos seus negócios, por isso, a gente não pode parar. Então sugerimos o delivery, que tem dado muito certo”, destaca.



Funcionamento – O programa atua com 90 agentes de empreendedorismo que trabalham em 51 bairros da capital baiana, com intuito de estimular a cultura do empreendedorismo nas comunidades. Até agora, o grupo de trabalho foi responsável por 16 mil atendimentos. Além disso, mais de 4 mil pessoas já foram encaminhadas ao Credamigo, linhas de microcrédito solidário do Banco do Nordeste (BNB).

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑