Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 11 de abril de 2020

Estudo mostra que apenas metade das superfícies que limpamos estão livres de bactérias e germes

Um estudo, recém-divulgado pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, concluiu que vírus e bactérias têm capacidade de sobreviver em certos tipos de superfícies por horas e até mesmo por alguns dias e que a limpeza adequada e desinfecção das superfícies de uso mais intenso, seja comercial ou residencial, é extremamente importante, especialmente nesta época de combate a propagação do Covid-19. 

Durante cinco semanas e meia, os pesquisadores marcaram superfícies de um consultório veterinário diariamente com um corante fluorescente, visível apenas sob luz negra e verificaram que, no geral, apenas metade desses locais foram adequadamente limpos durante o período de estudo (as áreas só seriam consideradas limpas se o corante fosse completamente removido). Eles constataram que os locais com maior toque humano – como teclados de computador e instrumentos médicos - eram limpos com menos frequência do que, por exemplo, as áreas tocadas pelos animais.  

O estudo foi realizado em uma clínica veterinária, mas Jason Stull, um dos professores responsáveis, frisou que o mesmo pode acontecer em empresas de outros segmentos e até mesmo dentro de casa. Ele diz que, dentro de casa, as pessoas devem se concentrar na limpeza de áreas utilizadas com mais frequência, como maçanetas e bancadas, por exemplo, e defende que este cuidado deve ser levada à sério não só neste momento, onde vivemos a pandemia, mas que é preciso uma mudança de cultura para que as pessoas reconheçam a importância do controle de infecções através da lavagem das mãos e também da limpeza completa de superfícies compartilhadas. 


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑