Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Prefeitura de Cairu prorroga medidas para reduzir riscos da Covid-19

O município-arquipélago, que continua sem registros da doença, está com restrições para diminuição do convívio social - Foto: Elton Andrade

Após mais de um mês do aparecimento do primeiro caso de coronavírus na Bahia, o município-arquipélago de Cairu se mantém sem registros da doença. O destino turístico, terceiro mais visitado no estado, recebe milhares de pessoas de diferentes lugares do mundo durante o ano todo. Para reduzir riscos à população e turistas, a Prefeitura de Cairu renovou na última segunda-feira (13) o decreto que determina ações que buscam o isolamento social.

Entre as medidas, estão a interdição de praias, quadras, campos, piscinas de hotéis e clubes; suspensão de eventos culturais, esportivos e religiosos, bem como de passeios turísticos; interrupção de aulas na rede pública e privada e no funcionamento de academias de ginástica; desautorização de obras particulares com mais de 10 funcionários; impedimento de novos check-ins em locais de hospedagem, assim como aluguel de casas de temporada. 

O comércio também está suspenso, com exceção de estabelecimentos que comercializam mantimentos, medicamentos e serviços essenciais. Serviços de entrega a domicílio permanecem liberados. “Nossa principal motivação é a segurança do povo cairuense. Estamos seguindo as recomendações dos órgãos responsáveis e acreditamos que este é o melhor caminho para manter nossa população protegida neste momento de pandemia”, afirmou o prefeito Fernando Brito.

A Secretaria de Saúde de Cairu informa que três pacientes com síndrome gripal estão em monitoramento, seguindo critérios orientados pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Além destes, nove moradores que tiveram contato com locais afetados também estão sendo monitorados e em isolamento domiciliar. 

Para manter a população bem informada, a secretaria criou o canal Zap Covid Cairu. Através do aplicativo Whatsapp, pelo número (75) 999785857, a população pode entrar em contato com profissionais de saúde e tirar dúvidas sobre a doença. Os profissionais estão de plantão, disponíveis entre 8h e 17h, de segunda à sexta-feira, para oferecer esclarecimentos através de mensagens.



0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑