Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 18 de abril de 2020

Prefeitura vistoria 25 locais em primeiro dia de medidas restritivas em mercados

As medidas restritivas que limitam acesso a supermercados que possuem área acima de 200 metros quadrados começaram a valer nesta sexta-feira (17). Durante toda a manhã, fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), acompanhados de agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), visitaram 25 estabelecimentos para verificar o cumprimento das determinações. Não foram encontradas irregularidades.


“Estamos reforçando o que está determinado pelo decreto para que os estabelecimentos não deixem de cumprir, inclusive os pequenos detalhes. Sabemos que é um desafio muito grande, principalmente para os mercados, de controlar a entrada das pessoas. Por isso, estamos fazendo um trabalho de orientação para que nenhum ponto do decreto seja descumprido”, explicou o diretor de Fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior.

A medida restringe o acesso de clientes em supermercados e hipermercados para uma pessoa a cada nove metros quadrados. Sendo assim, o número total de clientes dentro dos estabelecimentos será fixado de acordo com o tamanho do empreendimento. 


Ao alcançar a quantidade máxima de consumidores, o supermercado só deve permitir novas entradas à medida que as pessoas forem saindo do ambiente. Só está autorizada o acesso de uma pessoa por família. Além disso, os estacionamentos desses estabelecimentos passam a ficar limitados à ocupação de 50% do número de vagas disponibilizadas e só é permitida a entrada de uma pessoa por veículo no estacionamento - a exceção é aplicada apenas a clientes em alguma dessas situações: com mais de 60 anos, com diagnóstico de câncer e em uso de medicamentos imunossupressores, assim como conduzidos por taxistas ou veículos de aplicativo. Nesses casos, é admitida a entrada conjunta no estacionamento de um acompanhante.  

Enquanto aguardava a vez para entrar em um hipermercado na Avenida ACM, o engenheiro Nelson Barbosa, 36 anos, aprovou as medidas. “Com certeza, são ações válidas para nos proteger. Me sinto bem mais seguro. Acho que se a população tiver um pouquinho mais de paciência e atender aos pedidos das autoridades, passaremos por isso logo, logo”, ressaltou.

Balanço – A Sedur realizou 8.853 vistorias em estabelecimentos desde o dia 18 de março até ontem (16), com a força-tarefa criada para monitorar o cumprimento das medidas de prevenção e controle do coronavírus. As operações contam com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar da Bahia (PM-BA). Nesse período, foram interditados 662 estabelecimentos comerciais e feitas 78 cassações de alvará.

Desse montante de estabelecimentos vistoriados estão: 5.469 bares e restaurantes, 557 academias, 508 instituições de ensinos (faculdades, cursos, escolas, creche), 264 templos religiosos, 33 casas de eventos, três cinemas, um parque infantil , três clubes sociais, 112 shoppings/centros comerciais, 21 call centers , 35 obras, 1.020 clínicas de estética, salão de beleza e barbearia e 28 supermercados.

Também foram alvos da fiscalização 204 lojas em comércio de rua, com área superior a 200 metros quadrados, 39 quadras e campos de futebol, 66 barracas de chapa, 101 agências bancárias, oito comércios de peixe, seis casas lotéricas, nove veículos com atividade sonora, dez aglomerações de pessoas, um caça níquel, dois food trucks e uma sauna. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑