Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 12 de maio de 2020

MPF quer incluir BB e BNB no auxílio emergencial

Em pedido liminar, o MPF (Ministério Público Federal) e o MP/BA (Ministério Público do Estado da Bahia) solicitaram que, além da Caixa, o Banco do Brasil e o Banco do Nordeste também realizem o pagamento do auxílio emergencial. A medida deve desafogar as agências da Caixa, único a liberar o benefício atualmente.


O pedido foi adicionado à ação conjunta, ajuizada no dia 2 de maio, quando foram cobradas providências para evitar aglomerações nas unidades em função do risco de contágio por coronavírus. 


A Lei nº 13.982/20, que instituiu o auxílio emergencial por conta da pandemia de Covid-19, estabelece que a operacionalização seja feita por instituições financeiras públicas federais. Por isto, não faz sentido a União ter definido apenas a Caixa como pagadora. 


A descentralização do pagamento do benefício destinado aos trabalhadores informais e desempregados é uma reivindicação do Sindicato dos Bancários da Bahia e demais entidades que lutam pela defesa da categoria. Ainda mais com as notícias diárias de enormes filas e aglomerações nas agências da Caixa, que sobrecarregam os empregados.


População beneficiada 
A população que precisa do auxílio emergencial para ter o quer comer no período da pandemia causada pelo coronavírus será beneficiada se, além da Caixa, o BB e o BNB puderem efetuar o pagamento do benefício. Com a inclusão, Salvador pode ganhar até 28 novos pontos de atendimento presencial ao cidadão - 24 agências do BB e quatro do BNB. 


Segundo pedido feito pelo MPF (Ministério Público Federal) e o MP/BA (Ministério Público do Estado da Bahia), se a União não viabilizar o saque nas redes das três instituições federais em até 10 dias, pagará multa diária no valor de R$ 30 mil. 

Bancários da Bahia

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑