Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 2 de junho de 2020

Drives trhu ampliam atendimentos a todos grupos prioritários para vacinação contra gripe em Salvador

Instalados inicialmente para a imunização prioritária de idosos e posteriormente gestantes, puérperas e crianças, os cinco drives thru implantados pela Prefeitura de Salvador flexibilizarão a aplicação das doses contra a influenza para todos os grupos que fazem parte da estratégia na capital baiana.



A partir desta quarta-feira (03), idosos, trabalhadores de saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público, portuários, professores das redes pública e privada, adultos de 55 a 59 anos, além de gestantes, puérperas (mães no pós-parto até 45 dias), pessoas com deficiência e crianças de seis meses a menores de seis anos, ou seja, até 5 anos 11 meses e 29 dias poderão utilizar o serviço onde os indivíduos são vacinados sem a necessidade de descer do carro. Porém, é importante que a população elegível compareça para a vacinação com a documentação completa exigida, visando dinamizar a triagem e a vacinação.



A medida visa facilitar o acesso ao imunobiológico no município. Os drives trhu funcionam de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08 às 17 horas, na Arena Fonte Nova; no 5º Centro de Saúde Clementino Fraga, nos Barris; nos dois campi da Faculdade Bahiana de Medicina, nos bairros do Cabula e Brotas; e no Atakadão Atakarejo de Fazenda Coutos). Além dos drives, todas as 142 salas de imunização da rede municipal também ofertam as doses.



“No início da campanha, Salvador se tornou referência no país por adotar esse modelo de vacinação através dos drives thru que foi fundamental para o sucesso de cobertura entre os idosos. Nossa expectativa é repetir a boa procura pela vacina com a ampliação do público que podem participar dessa modalidade”, destacou Doiane Lemos, subcoordenadora de imunização.



Prorrogação – Diante do baixo índice de vacinação de alguns grupos prioritários, o término da Campanha Nacional de Vacinação teve o prazo ampliado para o dia 30 de junho. Desde o início da estratégia em 23 de março, pouco mais de 581 mil pessoas foram imunizadas na capital.



Entre o público eletivo com menor adesão à campanha, estão as crianças de seis meses a menores de seis anos com apenas 25% dos pequenos protegidos contra a doença, gestantes com 44% de cobertura e adultos de 55 a 59 anos com apenas 26% da população residente na cidade protegida. Idosos (119%) e trabalhadores da saúde (101%) tiveram meta de imunização alcançada na cidade.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑