Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Metrô baiano completa seis anos de operação com transformação na mobilidade

Metrô baiano completa seis anos de operação com transformação na mobilidade e promoção sociocultural no Estado

Além de oferecer transporte público de alta qualidade e atendimento, o modal tem desenvolvido diversas ações para beneficiar a população


Prestes a completar 6 anos de operação, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas contabiliza 12.634.684 km rodados – o equivalente a 315 voltas na terra -, 293.758.248 passageiros transportados - número maior que a população do Mercosul – e 977.921 viagens realizadas.  Mesmo com números grandiosos, eles não expressam as transformações que o modal tem provocado no decorrer desses anos. Muito além de garantir o ir e vir com segurança, conforto, rapidez e atendimento de qualidade, o sistema metroviário busca promover a mobilidade urbana e vem criando e desenvolvendo iniciativas sociais para beneficiar baianos e soteropolitanos.

            Desde 2014, a CCR Metrô Bahia - responsável pela implantação e operação do modal por um período de 30 anos – também vem plantando a semente da transformação em ações sociais e legados que marcam essa história: primeiro, as mudanças de hábitos no deslocamento, favorecendo a intermodalidade ao entregar a ciclovia de 12 km na Avenida Paralela, às margens da linha 2 do metrô, em 2018. Depois com a Bibliometrô, uma iniciativa que busca promover o desenvolvimento intelectual e cultural da população baiana. Entregue em junho do ano passado, o espaço multicultural, que conta com um acervo de mais de mil exemplares de diversos gêneros literários, também é palco de saraus e lançamentos de livros. E o melhor: aberto ao público e totalmente gratuito. Desde a sua inauguração, quase 10 mil pessoas já acessaram o local, que tem o objetivo de disseminar e despertar o interesse da leitura entre crianças, adolescentes e jovens. O espaço está localizado na Estação Acesso Norte de Metrô.

            “O metrô vai muito além do simples ato de transportar pessoas, por isso, transformamos as estações em espaços públicos que estimulam o desenvolvimento intelectual e valorizam a cultura baiana com diversas iniciativas e ações. A BiblioMetrô é um espaço multicultural que visa, sobretudo, a transformação social através da leitura e já recebeu diversas visitas de escolas públicas e privadas em apenas um ano de operação. Com a economia do tempo gasto entre viagens, nossos clientes têm aproveitado a estação do metrô como um ponto de estudo, além de contar com outras atividades culturais que o espaço promove”, destaca o presidente da CCR Metrô Bahia, Rodolfo Gonzalez. Ainda de acordo com Gonzalez, a inclusão social e os espaços de promoção cultural são parte essencial do propósito da concessionária, e legados que a empresa deixará para beneficiar toda a comunidade. Neste sentido, a CCR Metrô Bahia também criou o projeto Estação Leitura, que estimula a troca e doação de livros usados em seis casinhas espalhadas nas estações Acesso Norte, Campo da Pólvora, Pirajá, Rodoviária, Bairro da Paz e Aeroporto.



Ações culturais e de cidadania

Outra iniciativa que vem contribuindo com a formação acadêmica e cidadã de jovens, além de fortalecer a cultura do metrô nestes seis anos é o programa de visitas Embarque. Neste período, o programa já recebeu mais de 20 mil visitantes entre crianças, jovens e professores de toda a Bahia e outros estados do Brasil interessados em conhecer como opera o metrô baiano. Através de dois roteiros, “Embarque na Operação” e “Embarque nos Bastidores”, o programa apresenta o metrô, a tecnologia empregada, bem como a expertise da CCR Metrô Bahia que tem como premissas a qualidade e o atendimento na prestação do serviço de transporte público. Já o projeto Vem pra Cá que tem a baianidade como destaque, desenvolve ações culturais, de promoção à saúde e bem-estar reforçando a pluralidade cultural, diversidade e inclusão durante todo o ano nas estações de metrô da cidade.

Esse gancho social também é reforçado com os projetos e campanhas promovidos pelo Instituto CCR em todo o Grupo CCR. Aqui no Estado, com o apoio da CCR Metrô Bahia, diversos projetos socioculturais já foram incentivados, entre eles, a Flipelô, importante evento que valoriza a cultura e literatura baiana. Ao todo, são 15 projetos incentivados, 51 escolas contempladas e mais de 200 mil pessoas beneficiadas. Outras campanhas como a do agasalho – que já ultrapassou a marca mais de 200 mil peças de roupas arrecadadas - e de voluntariado que, em quatro edições, já beneficiou 4 creches, 1 orfanato e 1 lar de idosos, também são realizadas no estado.



Operação

Depois de ser considerada uma das maiores obras de mobilidade urbana do Brasil nos últimos anos e uma das obras de infraestrutura mais rápidas do mundo, a implantação do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas foi concluída com a entrega da Estação Aeroporto de Metrô, em abril de 2018, e com a finalização das obras de ampliação do Terminal de Ônibus Aeroporto, em janeiro deste ano. Hoje, o metrô possui duas linhas, 33 km, 20 estações e 8 terminais de integração com ônibus, sendo 7 deles administrados pela CCR Metrô Bahia. Atualmente, a estação Lapa lidera o ranking das estações com o maior número de embarques diários, seguida de Pirajá, Aeroporto, Rodoviária, Acesso Norte, Mussurunga e Imbuí.

O sistema conta com uma frota de 40 trens modernos e cada composição tem capacidade para transportar mil passageiros por viagem. Nos dias úteis são ofertados até 984 mil lugares, número que equivale a mais de 1/3 da população total da capital baiana. “O Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas é um projeto que vem transformando a mobilidade urbana da capital baiana e Região Metropolitana. Agora, a nossa missão é entender os novos anseios dos nossos clientes e direcionar todos os esforços para oferecer ainda mais qualidade e segurança no serviço e no atendimento”, enfatiza Rodolfo Gonzalez.

            De acordo com a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), o sistema metroviário baiano foi um dos cinco sistemas que mais expandiram no país nos últimos anos. Hoje, ele é o terceiro maior sistema metroviário do país, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. O modal baiano trouxe ainda uma nova dinâmica para o transporte público de Salvador. A população tem o benefício da integração tarifária que garante o pagamento de uma única tarifa com o uso dos cartões de integração da CCR Metrô Bahia, SalvadorCARD e Metropasse. Assim, pode-se combinar o metrô com outros modais como ônibus urbano, metropolitano e complementar, respeitando o intervalo de tempo para cada um deles. Uma soma de redução do percurso, de tempo de deslocamento e de economia.



Segurança e Atendimento

Fruto de uma Parceria Público-Privada (PPP) entre o Governo do Estado da Bahia e o Grupo CCR, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas é referência internacional pela qualidade e velocidade das obras e tecnologia inovadora. A sua filosofia de atendimento de excelência, também é destaque para aqueles que utilizam o serviço diariamente, trazendo para a cidade transporte público de qualidade.

            Os Agentes de Atendimento e Segurança (AASs) da CCR Metrô Bahia ficam na linha de frente e têm na orientação ao cliente a sua função primordial. Ou seja, um metrô composto por pessoas cuidando de pessoas. Todas as dependências do metrô como estações, trens, terminais de ônibus e passarelas contam com rondas periódicas e regulares, realizadas por agentes fardados e à paisana. A segurança também é feita com o monitoramento eletrônico realizado por mais de 2.000 câmeras das estações, trens, passarelas de acesso e terminais de ônibus. As imagens são acompanhadas em tempo real diretamente do Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária e das Salas de Supervisão Operacional (SSOs) de cada estação. Algumas dessas câmeras contam ainda com a tecnologia de reconhecimento facial da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP).



Tecnologia

A utilização do CBTC (Communications-Based Train Control) - no português Controle de Trens Baseado em Comunicação - sistema de sinalização mais seguro do mundo para controlar a circulação de trens do SMSL é a prova de que a tecnologia está a favor da mobilidade urbana. O CBTC garante a operação com falha segura, aquela que não oferece riscos a clientes e colaboradores, e ainda permite a utilização de diversos níveis de automação.

No metrô baiano tudo funciona no modo automático e a principal função do operador de trem é acompanhar o embarque e desembarque dos clientes nas estações e aplicar freio, em caso de emergências, além de monitorar as câmeras do interior dos trens. Unindo o sistema de sinalização e o moderno Centro de Controle Operacional (CCO) da CCR Metrô Bahia, tem-se um modal metroviário altamente tecnológico, que prioriza a segurança de clientes, colaboradores e do patrimônio público.

Instalado no Pátio Pirajá, o CCO faz o monitoramento e centraliza todas as informações relacionadas à operação. O local recebe imagens, em tempo real, de mais de 2 mil câmeras distribuídas em todo o sistema. Cada trem possui 22 câmeras embarcadas, sendo dezesseis câmeras para monitoramento do interior dos carros, além de duas câmeras externas, na frente e na traseira, para visualização da via e das estações, e mais duas câmeras no interior das cabines de comando. Direto do centro de controle, através de um videowall de 44 telas LCD de 55 polegadas e de consoles, é possível gerenciar os sistemas de circulação de trens, de energia, de ventilação, fluxo de clientes, segurança pública operacional, bloqueios de entrada e saída, detecção, combate a incêndio e outros. O trabalho é realizado 24 horas por dia, 7 dias por semana, por 33 profissionais que se revezam em turnos. O sistema de monitoramento eletrônico de circuito fechado de TV, permite ainda gravar, exibir, recuperar e processar as imagens obtidas a partir das câmeras de vídeo distribuídas em todo o sistema. Algumas dessas câmeras também são integradas ao Centro de Informação e Comunicação (CICOM), da SSP.

            Aguardado por muito anos, o metrô baiano conseguiu reunir a excelência no atendimento, segurança e responsabilidade social como valores diários. “O desafio de garantir um transporte público de alta qualidade à população é grande. Mas o orgulho de fazer parte da transformação da mobilidade, transportando pessoas e contribuindo para melhorar a qualidade de vida dos baianos é ainda maior”, finaliza Rodolfo Gonzalez.




0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑