Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 16 de junho de 2020

Rede Globo explica motivo do ataque em sua sede que fez apresentadora refém

Um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio, e fez a repórter Marina Araújo refém com uma faca na tarde de quarta-feira, (10). Segundo informações preliminares, eleA polícia foi acionada e até a chegada dos militares, os seguranças da casa tentavam acalmar o criminoso e prenderam todos os funcionários no andar onde funciona a GloboNews. Ao saber que o homem queria falar com ela, Renata Vasconcellos foi chamada para ajudar na negociação com os policiais. O homem foi preso.

Em nota oficial, a Rede Globo disse que o ataque não teve “conotação política” e foi feito por alguém com “distúrbios mentais”. No episódio, um homem armado com uma faca invadiu a sede da emissora e fez a repórter Marina Araújo de refém, dizendo que queria ver a jornalista e apresentadora Renata Vasconcellos.

Na nota, a emissora diz que agiu rapidamente, isolou o local e acionou a polícia e complementa dizendo que Marina e os demais funcionários que estavam no local estão bem. “A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação. O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos. Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem.”, afirma a nota.

Na sequência, a Globo disse repudiar o ato e afirma que o ataque não tinha nenhum cunho político. “A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política.”, afirma a nota que continua:

“Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente.”.

Por fim, a emissora agradeceu ao comandante envolvido e disse que Renata e Marina estão bem. ” A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção.”. desejava falar com a apresentadora Renata Vasconcellos.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑