Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Samu é ampliado com mais dez ambulâncias e 81 novos profissionais

Mais dez ambulâncias e 81 novos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) vão atuar em Salvador já a partir desta quinta-feira (18), em mais uma estratégia da Prefeitura para ampliar a assistência médica à população, principalmente neste momento de pandemia. Os detalhes da ampliação do serviço foram apresentados em coletiva realizada pela manhã na Praça Wilson Lins, na Pituba, com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice Bruno Reis e do secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates. 

Com esta iniciativa, a capital baiana chega a 61 equipes e mais de mil profissionais trabalhando no Samu, que atende também a região metropolitana. “O objetivo é dar uma resposta ainda mais rápida às necessidades, seja daquele paciente que está em casa esperando por um transporte ou, mesmo, de quem está em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e precisa ir ao hospital. Por isso, a Prefeitura está em processo contínuo de ampliação das equipes, pois sabemos que o tempo de resposta do Samu pode significar a vida de uma pessoa”, explicou ACM Neto. 

O prefeito ainda ressaltou a importância do trabalho das equipes do Samu que, assim como os demais colaboradores da área da saúde, estão na linha de frente no combate à Covid-19. “Esses profissionais estão altamente expostos ao risco neste período de pandemia. Por isso, procuramos ter todos os cuidados no sentido de garantir os EPIs (equipamentos de proteção individual) e condições seguras de trabalho. Merecem o nosso reconhecimento e permanente gratidão e valorização do trabalho que realizam neste momento”, completou. 

Neste período de enfrentamento à Covid-19, além da questão do transporte de pacientes para unidades de saúde em apoio à Central Estadual de Regulação, o secretário Leo Prates afirmou que o serviço do Samu vai auxiliar também nos casos de mortes ocorridas em casa – índice que tem aumentado durante a pandemia. “Nosso objetivo é salvar vidas, mas, quando não conseguimos, temos que dar o direito às famílias de se despedirem dos entes queridos com dignidade. Inclusive, estamos contratando mais dois médicos para ajudar na certificação do óbito e os familiares possam fazer o enterro”, informou. 

Aumento da demanda – O coordenador de Urgência e Emergência do município, Ivan Paiva, revelou que a demanda pelo Samu teve um salto diante do aumento dos casos do novo coronavírus na cidade. “No período anterior à pandemia, a média de ligações recebidas pelo serviço era de oito mil por mês. Em maio, foram quase 15 mil, ou seja, quase 100% de aumento”, disse Paiva. 

Ele ainda completou que grande parte dos telefonemas é referente a pedido de informações sobre a doença. O ideal, nestes casos, é que a população ligue para o Disque Coronavírus, no número 160, evitando assim que a linha seja ocupada e prejudique o atendimento de um caso com risco de morte.

  

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑