Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Pernambués, São Cristóvão e Nordeste de Amaralina ficarão com o horário do comércio reduzido


Águas Claras e Castelo Branco voltam a ter medidas restritivas

Os bairros de Águas Claras e Castelo Branco voltarão a passar por medidas de restrição para combate ao novo coronavírus a partir deste domingo (30), pelo prazo inicial de sete dias. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto na manhã de hoje (28), durante a entrega da requalificação da Prainha do Lobato.


Na ocasião, o prefeito comunicou ainda a prorrogação das operações regionalizadas em Plataforma e Santa Cruz. Já Pernambués, São Cristóvão e Nordeste de Amaralina ficarão com o horário do comércio reduzido. As ações terão duração de pelo menos mais uma semana.


“Estabelecemos no Nordeste de Amaralina uma regra que testamos ao longo da última semana e que consideramos que deu certo. Além de ações de proteção à vida da Prefeitura, delimitamos no bairro o horário de funcionamento das atividades econômicas, das 10h às 16h, para não proibir o dia inteiro. Só que a localidade ainda não reduziu o número de casos de Covid-19 e tem registrado 33% de casos positivos todos os dias através dos testes rápidos realizados”, afirmou ACM Neto.


“Agora, vamos incluir nesse padrão, nessa nova metodologia testada e aprovada no Nordeste de Amaralina, os bairros de São Cristóvão, onde o índice de casos positivos chegou a 32% dos testes rápidos, e Pernambués , que registrou 28% de casos positivo. Essas duas regiões, que estavam com comércio inteiramente fechados, passarão a ter abertura das atividades econômicas das 10h às 16h”, acrescentou o chefe do Executivo municipal.


Vale reforçar que o funcionamento do comércio no Nordeste de Amaralina, São Cristóvão e Pernambués deve respeitar também o que determinado pelos protocolos gerais e setoriais. Por exemplo, bares e restaurantes continuarão abrindo a partir de meio-dia. Só que, ao invés de encerrar o expediente às 23h, esses espaços terão que fechar às 16h.


Retornos – Águas Claras e Castelo Branco novamente entrarão nas medidas de apoio e proteção à vida, devido ao grande aumento de casos de contaminação de coronavírus. “Nos últimos sete dias, o bairro que mais teve casos da doença em Salvador foi Águas Claras, que ficou à frente de Pernambués. Castelo Branco está na terceira posição”, explicou o prefeito.


Águas Claras soma 1.385 casos da Covid-19, sendo 830 somente em agosto. Nos últimos 30 dias, foram contabilizados 861 casos e, nos últimos sete dias, 108. Castelo Branco, por sua vez, alcançou a marca de 919 casos da doença, sendo 386 apenas neste mês. Nos últimos 30 dias, a localidade obteve 403 casos confirmados e, nos últimos sete dias, 88.


Restrições plenas - Portanto, Águas Claras, Castelo Branco, Plataforma e Santa Cruz estarão com restrições plenas. Nem as atividades liberadas para reabrir nas fases um e dois da retomada podem funcionar presencialmente. Ou seja, restaurantes e bares, por exemplo, não podem reabrir, a não ser com sistema delivery. Só podem funcionar presencialmente atividades essenciais, a exemplo de supermercados, panificadoras, farmácias, bancos e açougues, entre outros.


Além disso, em todos os bairros com medidas restritivas regionalizadas serão feitas as ações de proteção à vida, envolvendo a distribuição de máscaras de proteção para a comunidade e de cestas básicas para ambulantes e feirantes, realização de testes rápidos para detecção do coronavírus, medição de temperatura, higienização de ruas, combate ao mosquito Aedes aegypti e assistência social através do Cras Itinerante.


 Foto: Valter Pontes/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑