Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Operação Codecon Educa é iniciada nos principais shoppings de Salvador

 A operação Codecon Educa da Diretoria de Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) está em curso nos principais shoppings centers de Salvador. Cartazes com instruções de higiene estão sendo fixados nas lojas para orientar sobre normas de segurança e evitar a contaminação de consumidores, comerciantes e comerciários pelo novo coronavírus. A ação deve durar pelo menos cinco semanas, e também será realizada no comércio de rua de bairros populares, principalmente naqueles em que o número de casos da Covid-19 permanece alto.


Os fiscais do órgão já passaram pelo Shopping da Bahia, Bela Vista, Salvador Shopping e Shopping Cajazeiras. “Após a flexibilização e reabertura parcial do comércio, fizemos vistorias e verificamos a necessidade de tornar ainda mais clara e ostensiva a informação sobre cuidados com higiene, para que se reduza o risco à saúde de quem precisa fazer suas compras”, disse a coordenadora da Codecon, Eva Pestana.


Segundo ela, a Codecon também vai circular pelos bairros populares para alertar os ambulantes e pequenos comerciantes. “Tem bairros com índices altos de contaminação. Vamos exatamente nessas regiões ofertar orientações e levar informações”, frisou.


Entre as regras que a Codecon estabelece no cartaz informativo estão: higienizar utensílios e equipamentos, evitar tocar em produtos colocados à disposição para compra e, em caso de existência de risco de contaminação, o consumidor deve ser informado de maneira clara e ostensiva. Vale frisar que os canais de denúncia do órgão estão disponíveis no Fala Salvador (156) e no próprio site da Codecon.


Balanço - Entre 1º de março e 30 de junho, a Codecon vistoriou 423 estabelecimentos, notificando 248 deles, sendo 156 por abusividade de preços. Problemas relacionados à validade de produtos somaram 41 notificações. Locais com lixeira inadequada e considerados sem higiene adequada contabilizaram 22 notificações. Houve ainda dois registros por venda casada, três por alimentos descongelados e um por negativa na emissão de nota fiscal, entre outros.



0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑